Meu primeiro aniversário

por Nilda Dalcól

Há um ano, o Portal Afina Menina postou o meu primeiro texto.
Não sei da repercussão, mas desejo que tenha sido satisfatória.
Lá está um pouco da minha vida, dos meus sonhos, das minhas tristezas, frustrações e, para não esconder nada, mágoas. Não muitas, mas o suficiente para me mostrar que não levam a nada.

Alguns textos são frutos da imaginação; outros traduzem a realidade que muitos custam a admitir, mas que se descobrem naquelas palavras que não tiveram coragem de proferir.

Quem não gostaria de encontrar um Eduardo num mall da Flórida; ou na saída do serviço; ou um Francisco na fila do pão?
Quem, por receio da opinião alheia, não usou um Vestido de Noiva, por acreditar que a idade não permitia, ou “o que os outros vão pensar?”
Quem viu um casal no início da vida a dois e desejou que “vivessem felizes para sempre?”
Quem não sentiu Ciúme, pensando que na Distância corria o risco de perder o seu amor?
E quando a Tristeza tomou conta dos nossos corações? Tentamos afastá-la, procurando num Baú, a Estrela que nos fez pensar no que era Certo ou Errado e que até hoje recorremos à ela. Quem sabe no Natal ela venha para nos orientar. Vamos aguardar.

À Noite, quando o Envelhecer nos levou a refletir sobre tudo e para dar um pouco de paz para o coração, a Poesia nos deu Liberdade para que, sem cobranças, comprássemos uma fatia de bolo e saboreá-lo em Casa (a 49, lembram?).

Mas (um “mas” sempre está por perto), e se percebêssemos que Os sonhos morrem primeiro?  Desejaríamos, ardentemente, que no Outono eles renascessem e que naquela Espera, uma Revoada os trouxesse de volta, para que não precisássemos viver do Irreal.

E, se a Saudade de (Em) algum lugar, provocasse uma estranha melancolia, gerada por uma triste Despedida, pediríamos que a Chuva lavasse a nossa alma e que nos fizesse entender que o Impossível “pode ser, existir e acontecer”.
Creio que estaremos todos esperando por isto e que nada nos impeça de ser feliz. Sempre.

Aqui, o meu mais sincero e profundo agradecimento aos criadores do Portal Afina Menina, pela oportunidade e confiança em mim depositadas, o que espero ter correspondido…

E, também, agradecer, aos seguidores da Coluna, que sem o apoio deles, esta colunista não estaria completando o seu primeiro aniversário.

Muito Obrigada!!!!

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar