82 horas em jejum!

Hoje vou contar para vocês como foi minha experiência em ficar 82 horas sem ingerir nenhum alimento, tomando apenas água, café e chá.

Como já contei aqui algumas vezes, eu pratico o jejum intermitente há dois anos aproximadamente, mas nunca havia passado mais de 24 horas sem me alimentar.

Desta vez, após me preparar por duas semanas com uma alimentação cetogênica (consumo elevado de gordura boa), resolvi me desafiar em um jejum mais prolongado.

Com 16 horas de jejum, tive meu primeiro pico de fome física. Além disso, as extremidades (pés e mãos) começaram a ficar gelados! Isso durou aproximadamente duas horas, neste meio tempo tomei água com um pouco de sal. O sal é bastante importante para repor eletrólitos, pois possui sais mineiras e no jejum perdemos muito líquido. (por isso também, a importância de tomar muita água.)

Com 20 horas de jejum, comecei a sentir uma agitação e minha mente parecia estar em estado de alerta. Neste momento, não sabia ao certo se a fome era realmente física ou emocional. Pois, em tudo que eu olhava, seja na rua ou assistindo tv, sempre aparecia comida.

No mais, tudo ocorreu muito bem e tranquilamente.

Ao chegar as 32 horas, acordei com muita sede. Normalmente, tomo de 2 a 3 litros de água por dia, mas neste jejum prolongado teve dias que cheguei a tomar 5 litros de água!

A boca fica seca e você sente muita necessidade de água. Fui ler a respeito, e descobri que mais de 20% da água que ingerimos diariamente vêm da alimentação, ou seja, sem comer o corpo pediu que eu bebesse mais água!

As extremidades voltaram a ficar frias nas 38 horas de jejum.

Com 40 horas, tive crises de tontura, ao levantar depois de um tempo sentada ou deitada. Novamente tomei água com sal e em algumas horas voltou ao normal. Parecia que meu corpo estava tentando se adaptar a algo novo.

Com 53 horas, acordei com muita dor de cabeça, novamente tomei água, coloquei um pouco de sal em baixo da língua e levou algumas horas para passar. O corpo e a mente precisam trabalhar juntos e até então não tinha sentido mais fome e nem vontade de comer.

As horas foram passando, e estava próximo do meu objetivo 72 horas. Por conta disso, a ansiedade foi aumentando, porém como estava tarde, logo eu pensei:

“vou dormir e aproveitar para fazer mais algumas horas.” 🙂

Foi assim que cheguei as 82 horas!

Porém, nesta última noite, tive insônia, dor de cabeça, fome física e fome emocional.

Isso porque minha mente estava desconectada do meu corpo e queria logo terminar, para poder contar como havia sido essa experiência.

Nestes 3,5 dias eu eliminei 3 quilos na balança! Consegui treinar apenas no primeiro dia, nos demais me senti um pouco cansada e não quis extrapolar.

Se valeu a pena? Para mim toda experiência vale a pena, seja ela positiva ou negativa.

Se já tenho meta? Sim, minha próxima vez quero ficar 120 horas em jejum.

Lembre-se: Somente faça jejum prolongado com acompanhamento de um profissional.

 

Quer conhecer o que acontece com seu corpo de acordo com as horas decorridas? Dá uma olhadinha no post que fiz lá no Instagram.

Até semana que vem!

 

 

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar