Especialista em móveis planejados dá dicas de como economizar na decoração do primeiro apartamento

Priscila Prieto, fundadora da Prieto Móveis, explica que soluções planejadas de fábrica são ideais e econômicas para mobiliar residências

O momento de mobiliar um imóvel é um grande desafio para os proprietários, tanto em questões estéticas quanto financeiras, uma vez que em muitos casos os projetos podem ultrapassar em várias cifras o orçamento preterido inicialmente.

Priscilla Prieto, especialista em decoração para apartamentos e móveis planejados explica que combos possuem soluções capazes de reduzir os custos do projeto, enquanto mantém a alta qualidade de materiais prometida pela empresa. “A ideia de oferecer o serviço desta forma veio para atender a necessidade dos clientes.  Certa vez uma senhora ligou para solicitar um orçamento, reclamando que os valores para mobiliar sua casa em outras lojas ficaram exorbitantes. O imóvel em questão é um apartamento de 50m², e os projetos passavam de 110 mil reais”, relata.

A empresária explica que até R$40 mil, em boa parte dos casos, é possível criar móveis para quartos, cozinha, lavanderia, banheiro e um painel de tv para a sala. “Notei que a maioria dos imóveis vendidos nos dias de hoje possuem aproximadamente 50m² e, foi nesse momento que tive o insight de ofertar combos planejados para pessoas que tem essa mesma necessidade”, declara Priscila.

A decoradora, que tem mais de dez anos de atuação no mercado, revela que um orçamento, baseado nas reais necessidades e preferências da proprietária pode ser um diferencial para quem está mobiliando um imóvel. “Utilizamos algumas técnicas para a diminuição dos valores de forma geral, como a alteração da cor dos móveis nos quartos para um branco mais simples, afinal isso diminui consideravelmente os custos de produção. Com isso, o projeto dessa cliente não passou de 43 mil reais”, recorda.

Priscila explica que a utilização de materiais feitos 100% em MDF de alta qualidade, além de chapas com 18 mm de espessura, conferem ao projeto sofisticação, durabilidade e praticidade no dia a dia. “Quando falamos em planejados para pequenas e médias residências é preciso levar esses itens em consideração, que são fundamentais para a entrega de um projeto que vá atender a necessidade do cliente e, principalmente, respeitar a capacidade de investimento”, revela.

Optar por empresas que possuem facilidade no pagamento também ajuda quando o assunto é economia. “O ideal é sempre buscar profissionais no mercado que apresentam formas de pagamento flexibilizados. Parcelar em 12 vezes, dar uma entrada maior ou escolher um financiamento pode ajudar a realizar o sonho de ter uma casa totalmente planejada, sem agredir a vida financeira daquela família”, pontua.

Uma outra dica é dar abertura para o projetista mostrar opções. “Sim, é possível trazer algumas referências, ideias, fotos e revistas. Não é preciso abrir mão totalmente da lista de desejo, mas ouvir esse profissional e o que ele tem a dizer é crucial para reduzir os custos do projeto e encontrar o melhor caminho a ser escolhido. Se o projeto inicial não agradou, é preciso informar os pontos de atenção, afinal isso ajuda a trazer um parâmetro mais concreto de acordo com as suas necessidades”, finaliza.

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar