Natal

Por Nilda Dalcól - Bem Vivida

E aqui estamos, mais uma vez, comemorando o Natal.
Com as esperanças renovadas e os desejos, acalentados durante o ano todo, realizados.

Alguns conseguimos. Outros ainda na expectativa… e nos voltamos ao Papai Noel.

A nossa fase de “cartinha” para o Bom Velhinho já passou, o que não nos impede de pedir e aguardar (disfarçada e ansiosamente), que sejamos atendidos.

E, na magia dos dias que antecedem à sua chegada, enfeitamos a casa, acendemos luzes para que ele nos encontre mais fácil e rapidamente… e preparamos uma Ceia Especial, afinal, ele vem de tão longe que presumimos esteja com fome.

Nele depositamos a nossa fé de que neste Natal reencontraremos familiares, amigos e, se tivermos sorte, quem sabe um novo amor?
Não custa tentar … com uma relutante timidez, mas silenciosamente como uma prece, faremos o nosso pedido e talvez tenhamos a graça de sermos recompensados e ele surja e nos complete e então, certamente, atribuiremos ao Papai Noel a dádiva recebida…

Que possamos, sob o manto do nosso Pai Maior, comemorarmos em paz e com alegria, a felicidade de estarmos juntos daqueles que nos são caros e que o brilho desta noite, ilumine nossos caminhos e que tenhamos todos um

FELIZ NATAL!

E eu sigo à espera do milagre do Natal,
de que em frente a um estúdio fotográfico de um mall qualquer na Flórida, ele esteja lá,
para, finalmente, termos também um Feliz Natal!!
Oxalá …

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar