O médico e tricologista Dr. Ademir Carvalho Leite Júnior apresenta os benefícios da Aloe Vera na terapia capilar

A Aloe Vera é uma planta medicinal e tornou-se sinônimo de bem-estar e saúde, quando o assunto é terapia capilar. O produto é 100% natural e apresenta em sua composição 95 % de água, vitaminas, minerais, aminoácidos e açúcares, que são essenciais durante o tratamento do couro cabeludo e fortalecimento dos fios. “Os princípios ativos da planta promovem saúde capilar e cada substância tem sua contribuição, direta, durante a terapia”, segundo  o Dr. Ademir Carvalho Leite Júnior.

Cada substância possui propriedades únicas, e age diretamente no trato dos fios. Confira os nutrientes presentes na Aloe Vera ou Babosa, como é conhecida popularmente, que contribuem para que os cabelos fiquem saudáveis:

  • Vitaminas

São responsáveis pela antioxidação e anti envelhecimento do couro cabeludo. Na Aloe Vera estão presentes as Vitaminas: E, B1, B2, B3, B6, B9 e C;  A  provitamina A e o betacaroteno.

  • Minerais

Potencializam os efeitos das vitaminas e favorecem o crescimento capilar.  Encontram-se em sua composição: cálcio, cobre, cromo, ferro, manganês, magnésio, potássio e sódio.

  • Aminoácidos

Atuam na construção dos tecidos cutâneos e dos fios. Os aminoácidos presentes são: isoleucina, leucina, lisina, metionina, fenilalanina, treonina, triptofano, valina, cistina, tirosina, ácido aspártico, ácido glutâmico, alanina, arginina e prolina.

  • Açúcares

São imunomoduladores e regeneradores de pele, que atuam diretamente no sistema imunológico, como o acemanano.

  • Antraquinonas

Possui efeito analgésico, antiinflamatório e antibiótico São encontradas na planta as seguintes antraquinonas: antraceno, antranol, ácido cinâmico, azeites etéreos, ácido acético, ácido cristófano, barbaloína, isobarbaloina, resistanóis, emodina de aloe e aloína.

Já as enzimas saponinas e lignina possuem ação anti sépticas, que proporcionam melhoria na saúde da pele e reduzem o desconforto, no couro cabeludo, que possam ocorrer durante o período da terapia capilar.

 

Fonte: Blog O Tricologista (http://otricologista.com/)

 

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar