Sem uso do alicate para a remoção das cutículas, Unhas Cariocas tem técnica única no mercado

Por meio da cureta e de um emoliente próprio, a rede de franquia oferece para suas clientes mão mais limpas, saudáveis e sem machucados

 

“Fazer as unhas” é um dos processos preferidos das mulheres no universo da beleza. E neste quesito, a maior parte delas vai em um salão semanalmente, ou a cada quatro dias, para manter suas mãos mais bonitas.

Contudo, os famosos “bifinhos” são um dos pesadelos que acompanha o público feminino quando o assunto é manicure. E tudo isso por causa do alicate, que em dado momento, e se utilizado sem máxima atenção, machucará as mãos das clientes.

E também, por isso, que em 2017 foi fundada a Unhas Cariocas, principal e maior rede de esmalteria de franquia do Brasil. O objetivo inicial era claro: manter a fidelidade da clientela, evitando dores e mantendo as mãos mais saudáveis.

A ideia foi concebida por Marina Groke, diretora de operação da rede, que junto com o marido, Maurício Cesar, especialista no segmento e CEO da marca, colocaram no mercado uma técnica exclusiva, e única, para o cuidado das mãos.

“O Maurício, quando apresentei a ideia da Unhas Cariocas, me disse que deveríamos ter um grande diferencial. Após meus estudos e pesquisas, chegamos na simples fórmula de utilizarmos apenas a cureta para a remoção da cutícula, deixando o alicate de lado”, comenta a diretora.

Aliado a isso, eles desenvolveram um emoliente próprio, o Emoli, que age apenas nas células mortas, diminuindo a utilização do amolecedor com o tempo, afinando a cutícula e, assim, minimizando riscos de cortes e de doenças.

“A cureta é um instrumento utilizado para a remoção da cutícula, sem dor e sem riscos. Junto com o nosso emoliente próprio, as profissionais de nossas unidades retiram as células mortas, afinando a cutícula proporcionando um acabamento perfeito para a esmaltação”, comenta Marina, que complementa. “O uso da cureta não causa agressão para a unha, como é o caso do método tradicional. A utilização contínua dela, inclusive, funciona como um tratamento, e a mãos ficam lindas sem riscos”, afirma Marina.

Para o CEO, Mauricio Cesar, este é um dos principais motivos que fomentam o crescimento exponencial da marca e fizeram ela se tornar a maior rede de franquia de esmalteria no País.

“Os consumidores, ainda mais nos dias atuais, têm buscado melhores alternativas de cuidados em todos os sentidos. Nos preocupamos com a biossegurança e qualidade dos serviços e produtos que oferecemos. Além disso, proporcionamos constante capacitação para todos os profissionais envolvidos em todas as unidades Brasil a fora, mantendo nosso padrão de qualidade sempre em alto padrão”, finaliza.

Fábrica próprio em benefício da rede

A Unhas Cariocas está prestes a inaugurar sua fábrica própria, com 6 mil m² de onde, além de produzir os produtos próprios que já são vendidos nas unidades da rede e pelo e-commerce, será gerenciada toda a área administrativa da empresa.

“Vamos centralizar tudo em um único espaço para melhor gerenciamento, inclusive da nossa rede e dos nossos padrões. Além disso, vamos aumentar a produção dos nossos produtos que já são oferecidos em qualquer uma de nossas unidades ou por nossa loja virtual. Isso trará mais faturamento para o grupo bem como para nossos franqueados. O único produto não comercializado é o Emoli, que é um dos diferenciais do nosso processo de cuidado com as unhas”, finaliza Maurício.

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar