Maridos não mandam bem na cama; amantes, sim

Comemorado todo dia 6 de setembro no Brasil, o Dia Nacional do Sexo promove o bem-estar e a igualdade sexual, eliminando tabus socioculturais. Embora a Associação Mundial de Saúde Sexual tenha sido clara com as mensagens do evento por mais de uma década, o prazer feminino ainda é um tabu e a falta do prazer permanece aberta. Felizmente, programas como Sex / Life da Netflix, colocam as mulheres na vanguarda de todas as coisas relacionadas ao sexo, explicando e normalizando o desejo feminino e dissipando o equívoco de que as mulheres não se cansam da monogamia. Ashley Madison, o principal site de namoro para pessoas casadas do mundo, está contribuindo para essa narrativa e descobriu que as mulheres farão o que for preciso para conseguir o sexo que merecem.

Dados coletados de Ashley Madison mostraram, sem surpresa, que 64% das mulheres se sentiram sexualmente negligenciadas em seu casamento, e 44% dizem que a falta de sexo interessante e frequente é o que as leva a trair. E esta negligência na cama pode servir de gatilho para as mulheres que estão em busca de satisfação sexual.

Um dos atos mais mensurados se o parceiro é bom de cama, o sexo oral, é a mola mestra para este gatilho acontecer e a mulher procurar alguém que ‘mande bem’ com a boca e língua causando gritinhos de prazer. Apenas 23% das mulheres recebem sexo oral regularmente de seu parceiro principal, mas esse número sobe para 58% quando se trata de seu amante – e eles (os amantes) estão fazendo isso melhor. Enquanto 48% das mulheres consideram seu amante um especialista em sexo oral, ou pelo menos “muito bom”, apenas 31% dizem o mesmo sobre seu cônjuge.

“Um equívoco comum é que as mulheres perdem o interesse pelo sexo mais rápido do que os homens em relacionamentos de longo prazo”, diz Isabella Mise, Diretora de Comunicações da Ashley Madison. “Isso não poderia ser menos verdadeiro. Agora, mais do que nunca, as mulheres não estão dispostas a sacrificar sua vida sexual pela monogamia. Se eles não estão encontrando satisfação em seu relacionamento principal, elas vão procurar fora.”

Com o Dia Nacional do Sexo, que momento melhor para as brasileiras colocarem seu prazer em primeiro lugar e conseguir o que merecem? Em setembro de 2021, o prazer da mulher vem em primeiro lugar.

*Com base em uma pesquisa com 2.267 membros da Ashley Madison entre 21 de julho de 2021 e 28 de julho de 2021.

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar

Conteúdo Adulto

O conteúdo a seguir é destinado ao público adulto.

Ao escolher sim você está declarando ser maior de 18 anos.