Mommy Makeover: como funciona o processo que corrige o corpo pós gestação em um dia – Afina Menina – Um Portal para todas Nós

Mommy Makeover: como funciona o processo que corrige o corpo pós gestação em um dia

Muitas mulheres sofrem para retomar o corpo de antes da gravidez, mas existe uma opção que pode solucionar todos esses incômodos de uma só vez

Uma das grandes preocupações para mulheres que pretendem engravidar, principalmente aquelas que presam muito pela boa forma, são as alterações físicas após a gestação. Entre elas estão a flacidez dos seios, quadris e abdômen, além de um aumento na concentração de gordura nesses locais, ou até nas pernas e braços.

Claro, tudo isso faz parte do processo, já que o organismo passa por diversas alterações na hora de gerar e nutrir uma vida durante um período tão longo. Além disso existe uma predisposição genética envolvida para determinar como o corpo irá mudar durante estes meses, que afeta até a perda e ganho de peso.

Por isso, muitas mulheres decidem dar uma chance a cirurgia plástica depois da gravidez. Só que para arrumar essas muitas sequelas devem ser necessárias muitas cirurgias, certo? Na verdade, nos dias de hoje, é realizada uma única sessão, mais conhecida como o processo do Mommy Makeover.

O método, que vem se tornando cada vez mais popular, consiste em realizar todos os procedimentos necessários para alterar a forma de uma só vez, em vez de dividi-los em vários dias. “A grande vantagem deste combo de cirurgias são todos os resultados esperados em apenas um dia, e consequentemente apenas um período de recuperação para a paciente,” explica Dr. Pedro Lozano, cirurgião plástico membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Ao realizar o Makeover, são feitas num mesmo dia de operação, procedimentos nas regiões afetadas, geralmente as mamas, abdômen, e coxas, variando de pessoa para pessoa. Muitas mulheres também buscam corrigir o excesso do famoso ‘tchauzinho’, que pode aumentar na gestação.

“Comumente é realizada uma lipoaspiração nos locais desejados, seguida da abdominoplastia, que remove o excesso de pele do abdome, correção de diástase de músculos, de hérnia umbilical e, na maioria das vezes, também são tratadas as mamas,” esclarece Lozano.

Ele ainda destaca que existem várias formas de retomar a firmeza quando se fala dos seios. “Pode ser feito através da inclusão de próteses de silicone, associadas ou não à remoção de pele e reposicionamento das aréolas, no caso de mamas flácidas. Também pode ser associada a lipoescultura ou lipofilling,” que é o enxertar na região a gordura retirada da própria paciente. Essa mesma gordura aspirada ainda pode ser usada para modelar outras áreas do corpo, como as coxas e os glúteos, dependendo da necessidade da paciente.

Todas essas cirurgias, realizadas separadamente, demorariam muito mais tempo do que um único dia na mesa de cirurgia. Porém o cirurgião alerta que é necessário avaliar individualmente se é seguro realizar os múltiplos procedimentos. “É necessário que a paciente esteja com o peso adequado e tenha uma boa condição de saúde,” explica.

O Mommy Makeover pode ser realizado 6 meses após o fim da gestação, depois da amamentação, e tem uma recuperação tranquila, porém longa, com 3 mês de repouso e mais 3 a 6 meses de acompanhamento. Num todo, é uma ótima opção para quem quer corrigir certos incômodos com a aparência em pouco tempo e com menos desgaste. “Contanto que o cirurgião escolhido seja membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, a transformação será bem-sucedida e terá bons resultados,” finaliza Lozano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *