Evolução da radioterapia reduz tempo de tratamento do câncer de mama – Afina Menina – Um Portal para todas Nós

Evolução da radioterapia reduz tempo de tratamento do câncer de mama

Com a evolução da tecnologia em radioterapia é possível reduzir o tempo total do tratamento do câncer de mama e com isso aumentar o conforto da paciente. Até algum tempo atrás, o tratamento considerado padrão de radioterapia para câncer de mama era composto, em média, por cerca de 25 – 30 aplicações. Com a evolução do tempo esse número pode baixar consideravelmente.

 “A grande maioria das pacientes de câncer de mama poderá fazer o tratamento mais curto, porém, isso vai depender da avaliação individual de cada caso, que será definida pelo médico que acompanha a paciente e irá individualizar o seu tratamento”, aponta a rádio-oncologista Paula Soares, do Oncoville, clínica de radioterapia de Curitiba.

O avanço da tecnologia abriu a possibilidade de se aplicar doses mais altas de radioterapia em menos sessões, com a mesma eficácia e sem um aumento significativo na toxicidade. Uma das técnicas usadas é chamada de hipofracionamento, na qual poderá ser realizado o tratamento do câncer de mama. Mas doutora Paula Soares alerta: “A definição da melhor técnica a ser utilizada é definida individualmente, ou seja, para cada paciente, e de acordo com uma avaliação efetuada pela equipe composta pelos médicos rádio-oncologistas e pelo físico médico, que assegura a administração da radiação (dose) ao paciente de forma segura e efetiva”, destaca. 

De acordo com a médica, o número total de dias de tratamento poderá variar de 5 a 16 dias e o tempo de cada sessão é definido especificamente para cada paciente, mas poderá ficar em torno de 10 minutos ou até menos. Quanto aos efeitos colaterais, eles não se modificam quando comparados com os tratamentos mais longos do câncer de mama, sendo as reações de pele um dos mais frequentes.

A principal vantagem da realização de um tratamento mais curto é ficar menos tempo no Serviço de Radioterapia, principalmente para pacientes que residem longe do local onde será realizado o tratamento. Com isso, é possível evitar viagens longas e preservar ainda mais a qualidade dos dias durante o período em que estão realizando a radioterapia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *