Beber água filtrada é uma das principais atitudes de combate à diarreia, doença que acomete anualmente mais de 3,4 milhões de brasileiros – Afina Menina – Um Portal para todas Nós

Beber água filtrada é uma das principais atitudes de combate à diarreia, doença que acomete anualmente mais de 3,4 milhões de brasileiros

Na região Norte, apenas 57,5% da população é abastecida com água tratada. Campanha leva filtros de longa duração para a Amazônia e proteger comunidade indígena que tem a maior taxa de mortalidade por diarreia no País¹

Segunda maior causa de mortalidade entre crianças de até cinco anos2 no mundo, a diarreia está geralmente associada à ausência de saneamento básico e à contaminação de água e alimentos. Anualmente, cerca de 525 mil crianças vão a óbito em razão da doença, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde2.

No Brasil, de 2010 a 2015, foram registrados mais de 3,4 milhões de casos de internação hospitalar por diarreia, com 72 mil mortes3. A região com maior taxa de mortalidade foi a Norte, em razão de seus baixos níveis de saneamento: apenas 57,5% da população é abastecida com água tratada e somente 12,3% têm acesso aos esgotos1.

“Água, saneamento e higiene (WASH, no acrônimo em inglês) estão entre as principais maneiras de combater a diarreia, pois reduzem bastante a exposição do indivíduo a patógenos fecais, que são os grandes responsáveis pela doença4. Por isso, é essencial que as pessoas tenham acesso fácil à água de qualidade”, explica Milana Dan, gerente médica de saúde digestiva da unidade de negócios Consumer Healthcare (CHC) da Sanofi.

Como a maior parte dos quadros é causada por vírus, bactérias, parasitas e fungos5, é comum que a diarreia ocorra em regiões com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), onde a população nem sempre consegue praticar medidas de higiene pessoal e domiciliar, como lavagem adequada das mãos, higienização dos alimentos6 e consumo de água potável fundamental. Um estudo publicado na revista científica Tropical Medicine & International Health7 mostrou que água encanada nas residências e a utilização de filtros são os recursos que mais geram efeitos positivos de proteção contra a diarreia.

Ação em prol das comunidades carentes

Pensando em como contribuir para a resolução da questão, Enterogermina®, probiótico que equilibra, restaura a flora e fortalece a defesa; lançou recentemente a campanha “Você Compra e Enterogermina Doa”, em parceria com a RD-RaiaDrogasil e a Pague Menos.

Até abril, na compra de um produto Enterogermina® nas redes parceiras parte da venda será revertida na compra de filtros de água e educação sobre higiene e hábitos saudáveis para a comunidade de São Gabriel da Cachoeira, no Amazonas. Com aproximadamente 45 mil habitantes, a comunidade indígena amazonense possui a maior taxa de mortalidade por diarreia do Brasil8.

A campanha “Você Compra e Enterogermina DOA” faz parte do propósito social de Enterogermina®. Desde 2020, a marca, em parceria com o projeto Água Segura, doa filtros de água para as comunidades carentes e promove visitas educativas sobre a importância de lavar as mãos, como perceber sinais de desidratação e de que forma é possível economizar água. No último ano mais de 1.200 crianças foram beneficiadas pelo projeto no Ceará. Na ação “Você Compra e Enterogermina DOA”, a parceria com a Água Segura segue.

Saiba mais sobre a ação por meio do site: www.enterogermina.com.br/compraedoa

Referências

1.        Principais estatísticas de saneamento. Trata Brasil. Disponível em: http://www.tratabrasil.org.br/saneamento/principais-estatisticas

2.        Diarrhoeal disease – Fact Sheet. World Health Organization (2017). Disponível em: https://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/diarrhoeal-disease

3.        Hospitalização e taxas de mortalidade por diarreia no Brasil: 2000-2015. Ciência e Saúde (2019). Disponível em: https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faenfi/article/view/32022

4.        The impact of water, sanitation and hygiene on key health and social outcomes: review of evidence. Unicef (2016). Disponível em: https://www.unicef.org/wash/files/The_Impact_of_WASH_on_Key_Social_and_Health_Outcomes_Review_of_Evidence.pdf

5.        Diarreia aguda: diagnóstico e tratamento. Sociedade Brasileira de Pediatria (2017). Disponível em: https://www.sbp.com.br/fileadmin/user_upload/2017/03/Guia-Pratico-Diarreia-Aguda.pdf

6.        Atlas on children’s health and the environment. World Health Organization (2017). Disponível em: https://www.who.int/ceh/publications/inheriting-a-sustainable-world/en/

7.        Assessing the impact of drinking water and sanitation on diarrhoeal disease in low- and middle-income settings: systematic review and meta-regression. Tropical Medicine & International Health (2014) Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/24811732/

8.        DataSUS. Disponível em: http://www2.datasus.gov.br/DATASUS/index.php?area=02

9.        Ranking IDHM Municípios 2010. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. Disponível em: https://www.br.undp.org/content/brazil/pt/home/idh0/rankings/idhm-municipios-2010.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *