Como fazer para um emprego temporário virar fixo – Afina Menina

Como fazer para um emprego temporário virar fixo

Aliesh Costa, CEO da Carpediem RH, explica como o profissional deve fazer para transformar a oportunidade em um emprego fixo

Com o fim de ano se aproximando, a expectativa do mercado de trabalho é que surjam cerca de 400 mil vagas para temporários até o fim do ano. Nesse mês de outubro, muitas empresas começam a selecionar colaboradores, mesmo em fase de pandemia, o que é um alento para quem está na fila do desemprego.

Segundo dados da Associação Brasileira do Trabalho Temporário (Asserttem), os principais segmentos que buscam reforços no mercado de trabalho são os setores de comércio, alimentos, farmacêutico, embalagens, metalurgia, mineração, automobilístico e agronegócio.

A maior demanda são uma esperança a mais para os quase 13 milhões de desempregados no País.

É verdade que, com a pandemia, a absorção desses colaboradores de forma efetiva pode ser menor do que em anos anteriores. Porém, a expectativa positiva deve ser mantida. “Conseguir uma colocação nesse momento é uma estratégia interessante para o profissional mostrar seu valor e iniciar uma carreira na empresa”, explica Aliesh Costa, CEO da Carpediem RH.

A especialista reforça que é chamado para uma vaga de temporário vai precisar ser tão bom ou melhor que os profissionais que já são fixos naquela empresa. “Fazendo isso é que ele vai chamar a atenção sobre si para ser efetivado no futuro”, diz a executiva da Carpediem RH.

Veja mais  Entenda como funciona o visto EB-2, ideal para profissionais que querem atuar nos EUA

Veja abaixo as recomendações de Aliesh Costa para turbinar as chances de uma vaga temporária se transformar em uma posição de emprego fixo nas empresas:

Candidate-se a vagas que tenham a ver com seu perfil.  Aliesh Costa explica que é importante se identificar com a oportunidade. “O melhor a fazer é candidatar-se a vagas que sejam compatíveis com suas habilidades e aspirações”, explica a especialista. “Afinal, só assim, o profissional vai ter chances de causar boa impressão e ser valorizado”, diz.

Seja profissional e se mostre eficiente. Em primeiro lugar, é preciso ser pontual, não faltar e agir de acordo com a cultura da corporação. “A ideia é atuar como se o emprego temporário fosse fixo”, orienta Aliesh.  “Quando o profissional se empenha ao máximo para ser eficiente e encantar, consegue superar as expectativas do empregador. Ao assumir uma postura de alta performance, o profissional vai se destacar e passar a ser considerado para uma vaga efetiva, quando ela surgir”, explica a especialista. “Em resumo, é preciso aproveitar ao máximo a oportunidade.”

Faça networking e peça retorno a respeito do seu desempenho. “Para se destacar e ser considerado para o quadro de efetivos da empresa, é importante que colegas e gestores fiquem com uma ótima lembrança da passagem do colaborador temporário”, afirma Aliesh. “Por isso, é importante pedir um feedback das atividades realizadas para aprender ao máximo com aquela experiência, aproveitando para se desenvolver”, recomenda a especialista.

Veja mais  Veja alguns sinais revelam que você já viveu em outras vidas

Mostre disponibilidade e compromisso em ajudar a equipe.  Lembre-se que grande parte das vagas temporárias é no comércio, devido ao movimento de clientes superior, no Natal. “Por isso, a ideia é se preparar para a possibilidade de ter de fazer horas extras e se oferecer para ajudar, em caso de aumento de trabalho”, diz a CEO. “Isso vale também para atitudes cordiais, como mostrar-se solícito sempre que o momento pedir”, afirma a CEO. Ela conta que essas pequenas atitudes fazem uma grande diferença. “As pessoas mais dispostas a trabalhar em equipe e comprometidas com as necessidades da empresa têm chances potenciais de se tornar efetivo, após o período de contrato temporário.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *