Saiba como limpar a área do banheiro com segurança – Afina Menina

Saiba como limpar a área do banheiro com segurança

Um guia completo para higienizar vaso sanitário, box, banheira, chuveiro, cuba e torneira

Banheiro é sinônimo de renovação e, acima de tudo, de relaxamento. Afinal, não há nada melhor do que repor as energias depois de um dia agitado. Por isso, esse é um dos ambientes que mais precisam de atenção quando se trata de higiene. Um estudo, publicado pela ABC News, revela que o chão abriga 200 vezes mais bactérias do que o vaso sanitário! Assim, todo cuidado é pouco para manter o local limpo e longe de contaminações.

Entretanto, engana-se quem pensa que é só passar água sanitária e pronto! O produto, bastante abrasivo, pode danificar a louça e os metais, sem ser totalmente eficaz na limpeza. Pensando nisso, a Celite, marca que entende o banheiro brasileiro, sendo sinônimo de qualidade e tradição desde 1941, reuniu dicas importantes para que esse ambiente esteja sempre bem cuidado.

Confira a seguir:

1) Vaso sanitário de louça:

Trata-se do elemento do banheiro que mais precisa de atenção. Afinal, ele acumula muitos germes e bactérias durante o uso. Além disso, os minerais presentes na água da descarga vão aglomerando na parte interna, o que pode causar manchas. Por isso, é extremamente necessário criar uma rotina de limpeza.

No dia-a-dia, esse processo é bem simples, se realizado com cuidado e frequência. Antes de qualquer coisa, o uso de luvas para proteger as mãos é imprescindível. O primeiro passo consiste em usar pano macio, água e sabão neutro. Coloque desinfetante no vaso sanitário e deixe agir por alguns minutos, somente depois é hora de esfregar toda a estrutura usando uma escova de cerdas macias, sem se esquecer de passar também na borda interna.

Nunca adotar palha de aço nem produtos químicos ou abrasivos. Atenção: evite o uso de produtos de limpeza na caixa acoplada e no vaso sanitário contendo cloro, pois isso provocará danos na louça.

Veja mais  A importância da Ficha de Anamnese e do Prontuário

Para a higienização do assento é necessário apenas: água, sabão neutro e um pano macio. A água sanitária pode danificar o material, por isso convém evitá-la.

2) Cuba de louça:

Quando o assunto são as cubas de louça, há alguns cuidados que devem ser tomados no momento da limpeza: não usar substâncias à base de cloro, produtos químicos, abrasivos ou palha de aço. Eles podem causar danos na peça, diminuindo o brilho e sua vida útil. Para efetuar a higienização da cuba, os materiais indicados são água, sabão neutro e um pano ou uma esponja macia.

Os ralos cromados, por sua vez, podem ser esfregados apenas com escova de cerdas suaves. Já para limpeza interna desses itens é necessário tirar a tampa e, com auxílio de um escovão, aplicar uma mistura de água e detergente. Sobre a válvula, o ideal é utilizar uma pequena escova com um pouco de detergente, sendo necessário molhar a peça em seguida.

3) Torneiras e misturadores:

A Celite possui modelos de torneiras e misturadores com tecnologia avançada que mantém o brilho e qualidade por mais tempo. Entretanto, vale a pena apostar em uma limpeza profunda. Por ter um acabamento cromado, a higienização dessas peças deve ser feita com uma esponja macia com sabão neutro. É importante reforçar que substâncias abrasivas são extremamente prejudicais e precisam ser evitadas.

4) Box do banheiro:

Hora do banho! O box pode acumular resíduos diariamente, já que a gordura do corpo respinga nas superfícies. Para limpá-lo é muito simples. Primeiramente, vale passar uma palha de aço no vidro seco, dessa forma o material não correrá o risco de ser danificado. Se o box não estiver muito sujo, água e sabão neutro serão suficientes. Caso contrário, o recomendado é acrescentar de vinagre branco na mistura e aplicar com uma esponja macia. Por fim, basta enxaguar.

Veja mais  No Brasil, três em cada quatro apoiam restringir número de dias que crianças vão à escola por semana

O box acumula resíduos e precisa ser limpo com, pelo menos, água e sabão neutro.

5) Chuveiro:

Peça-chave do banheiro, o chuveiro também precisa de atenção. Com o tempo, ele vai acumulando sujeira que pode prejudicar a sua eficácia. Produtos abrasivos devem ser evitados ao máximo, sendo que o recomendado é usar uma solução caseira de água e vinagre. Após misturar as substâncias em um saco plástico, o próximo passo é amarrá-lo na saída de água do equipamento, para que o líquido entre em contato com o metal.

Depois de 20 minutos, é só retirar o material e deixar o chuveiro ligado por mais dois minutos. Dessa forma, mesmos os resíduos incrustados serão retirados com facilidade. Esses cuidados simples aumentam a vida útil, proporcionando economia a longo prazo.

6) Banheira:

Além do chuveiro e do box, a banheira é outro elemento que inspira atenção. Os modelos fabricados pela Celite são feitos de aço esmaltado vitrificado, o que ajuda a evitar a proliferação de bactérias, porém ainda assim são necessárias algumas precauções. Mais uma vez, produtos abrasivos são contraindicados, já que prejudicam o produto. Na hora de limpar, basta usar água e sabão neutro.

A fim de impedir a formação de sedimentos calcários, o recomendado é que, durante o uso, o início do enchimento da banheira seja feito com água fria ou morna. E, após o banho, ela seja totalmente enxugada para não acumular água. Além disso, a Celite aconselha impedir o contato da peça com acetonas, dissolventes orgânicos, cigarros acesos, etc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *