Descubra os quatro problemas na língua mais comuns e suas causas – Afina Menina

Descubra os quatro problemas na língua mais comuns e suas causas

Dentista lista cuidados para garantir a saúde do músculo que é um dos mais importantes do corpo

Ter uma boca saudável, vai muito além de escovar os dentes depois de cada refeição. A língua, por vezes negligenciada, acumula uma grande quantidade de bactérias que podem provocar algumas doenças, caso a higiene bucal não seja bem feita. Para evitar transtornos, o dentista e presidente da rede OdontoCompany, Dr Paulo Zahr, explica a seguir quais doenças são mais frequentes em consultórios e o que fazer para evitá-las e tratá-las.

  1. Língua pilosa

A língua pilosa não é um problema grave e acontece quando existe um acúmulo de ceratina, fungos ou bactérias nas papilas gustativas, que ficam mais alongadas, dando uma aparência de pelos na língua. O problema pode ser causado por hábitos de higiene incorretos, tabagismo, infecções e reação adversa a alguns medicamentos. A boa notícia é que o tratamento é simples, sendo necessário apenas procurar um dentista para identificar a causa, seguir as recomendações quanto à higiene bucal, suspender o uso de tabaco ou substituir medicamentos, se for o caso. “Os sintomas devem desaparecer após uma semana de tratamento. No entanto, caso persistam, procure um estomatologista para verificar a necessidade de recorrer a medicamentos antifúngicos ou antibióticos”, salienta Zahr.

  1. Afta
Veja mais  Qual deve ser o contato das crianças com o álcool em gel?

Pode afetar tanto a língua, quanto a boca. É caracterizada por pequenas lesões arredondadas que causam dor e, muitas vezes, dificultam a alimentação e a fala. Seu aparecimento pode estar relacionado a diversos fatores, como mordidas na língua, estresse, doenças autoimunes ou até mesmo pelo consumo de alimentos cítricos, como abacaxi e limão. “As aftas costumam desaparecer de forma espontânea após 7 ou 10 dias, sem deixar cicatrizes. Quando isso não acontece ou quando são muito frequentes, é recomendado procurar um dentista”, orienta o especialista.

  1. Sapinho

O sapinho ou candidíase oral é uma doença caracterizada pelo surgimento de placas esbranquiçadas na língua e interior da boca, vermelhidão, sensação de ardência e sabor desagradável. Ela ocorre devido a uma infecção causada por fungos e não é contagiosa. Alguns fatores como hábitos inadequados de higiene, fumo e uso de medicamentos podem favorecer o desenvolvimento da doença, assim como alguns grupos de pessoas são mais suscetíveis ao problema, como bebês recém-nascidos, usuários de drogas, com alimentação inadequada ou sistema imunológico debilitado, no caso, de pacientes com HIV ou transplantados, por exemplo. “O tratamento é feito com remédios antifúngicos em forma de gel ou creme aplicados de forma tópica. Após o início do tratamento, os sintomas devem desaparecer em duas semanas. No caso do sapinho causado por medicamentos, é preciso conversar com seu médico para verificar a possibilidade de mudar a dosagem ou substituir a medicação”, alerta Zahr.

  1. Câncer Bucal
Veja mais  Mercado projeta mensagens na fachada em agradecimento aos profissionais essenciais

É preciso visitar o dentista com regularidade para garantir a saúde da boca e evitar problemas mais graves como o Câncer Bucal, que não é tão incomum quanto a maioria das pessoas imagina. “Esse tipo de câncer  é mais frequente em homens com mais de 40 anos e pode ser fatal, caso não seja diagnosticado de maneira precoce. Ao notar qualquer alteração na aparência e textura da língua, não hesite em procurar um profissional qualificado”, finaliza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *