Entidade faz série de ações como parte da campanha Setembro Amarelo – Afina Menina

Entidade faz série de ações como parte da campanha Setembro Amarelo

Um relatório feito pela Organização Mundial da Saúde no final de 2019 apontou que cerca de 800 mil pessoas morrem por suicídio anualmente no mundo. E uma pesquisa apresentada em junho deste ano pela Associação Brasileira de Psiquiatria mostra que 89,2% dos especialistas afirmam que os quadros psiquiátricos de seus pacientes se agravaram devido à pandemia do novo coronavírus.

Os dados são alarmantes e evidenciam a necessidade de se tratar do assunto. É o que faz o Instituto Vita Alere, focado na prevenção e posvenção do suicídio e que preparou uma série de iniciativas para a “Setembro Amarelo”, campanha que existe desde 2015.

A primeira delas, com lançamento previsto para agosto, é uma cartilha que aborda temas como a identificação se alguém precisa de ajuda e como ajudar, como funcionam os serviços de saúde mental e como, quando e onde procurar ajuda. O documento fará parte do site www.mapasaudemental.com.br, lançado em maio pelo Vita Alere com apoio do Google, Unicef e ABEPS, entre outras entidades, como um guia a quem precisa de atendimento gratuito, seja presencial ou online. O objetivo dessa plataforma, que recebeu mais de 60.000 acessos em pouco mais de dois meses, é conectar gratuitamente pessoas em sofrimento mental com os serviços e profissionais especializados.

Veja mais  Álcool gel pode causar queimaduras se não for usado corretamente

No mapa online é possível encontrar profissionais e grupos de apoio disponíveis virtualmente. Já no presencial estão endereços e telefones de diversos serviços, sempre mostrando os mais próximos da localização de cada pessoa por meio do Google Maps, como Unidades de Pronto Atendimento, Unidades Básicas de Saúde, Ambulatórios Médicos e de Especialidades, Centros de Atenção Psicossocial (segmentados para adultos, crianças e usuários de álcool e drogas), hospitais convencionais e psiquiátricos, ONGS e clínicas-escolas. Para completar, dá para localizar rapidamente contatos primordiais como do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, SAMU e CVV (Centro de Valorização da Vida). Já são mais de 150 contatos para atendimento gratuito no formato online, específicos para o período da pandemia do novo coronavírus.

Ainda como forma de prevenção, a partir de setembro o Instituto disponibilizará um baralho sobre prevenção do suicídio online para download gratuito, que pode ser usado por pais e educadores para conversas com adolescentes sobre o tema. Além disso, no canal da entidade no Youtube serão postados vídeos e realizados debates com influenciadores digitais e lançada uma campanha especial em 10/09, que é o Dia Internacional de Prevenção do Suicídio.

Veja mais  O poder feminino é tema de websérie no Youtube

Já para abordar a posvenção, que se refere às atividades e cuidados para alguém que perdeu alguém pelo suicídio, também foi preparada uma cartilha específica para ser lançada no final do mês de agosto.

Para completar, no dia 1º de setembro será realizado um workshop gratuito para capacitar profissionais da mídia e influenciadores sobre como falar de forma segura sobre o suicídio. As vagas são limitadas e as inscrições estão abertas no link bit.ly/midiasuicidio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *