Em paz com meu feminino – Afina Menina

Em paz com meu feminino

No dia 08 de março 1992 eu virei “mocinha”, tinha apenas 9 anos, esse momento foi muito forte para mim, que era apenas uma criança, não sabia o que acontecia comigo.

Lembro muito bem a situação, fui ao banheiro fazer “xixi”, veio meu primeiro ciclo em casa, minha mãe estendia roupa. Gritei:

– Mãe, mãeeeeee, corre aqui!!!

– Já vou!

– Mãããããeeeeeeeee correeeeeee aqui no banheiro!

Ela veio, quando olhou o vaso, começou a chorar, a chorar e me abraçar e dizer a seguinte frase:

– Aaaaahhhh Joyce, você virou mocinha!

– O que mãe? Virei o que?

– Mocinha!

Naquele momento parece que algo ruim começaria na minha vida, então gritei:

– NÃO QUERO SER MOCINHA!!!

Depois desse fato, muitas coisas mudaram, não gostava de ser feminina, não me sentia bem. Nesse processo do emagrecimento, está acontecendo uma redescoberta linda do meu feminino, não digo da parte estética não, falo do meu olhar me reconhecendo e aceitando o feminino dentro de mim, uma mulher linda, delicada e forte.

Veja mais  Pé Plano atinge 97% das crianças

Uma amiga muito especial, que a anos não nos vemos, mas a amizade sempre foi linda, no dia 24 de junho agora, disse que tinha um presente para mim, pediu meu telefone. Você não imagina OH PRESENTE, ela havia me dado um book sensual.

GEEEENNNNNTEEEE, não acreditei no primeiro momento e nem no segundo tanto que passado duas semanas ela entrou em contato, “Joyce você ainda não falou com a fotógrafa? “.

É pessoal, levei um mês para realizar esse momento único e intenso, olha como minha vida é uma piada pronta, no dia 31 de julho de 2020, dia mundial do orgasmo, fiz as fotos no Estúdio CORE com uma fotógrafa maravilhosa, a Lu Campos.

Se tive vergonha? Claro, mas a vontade de quebrar esse muro que construí dentro de mim era maior, a mulher que eu via no espelho, era uma mulher que há muito tempo não sabia que habitava em mim. Juro que tentei ficar séria, sabe aquela séria sexy? Mas não conseguia, alegria saltava de dentro de mim, com misto de vaidade, carinho e muito, mas muito perdão por ter deixado essa mulher sexy e forte adormecida, hoje eu vivo meu feminino, hoje eu aceito meu ciclo com muito amor e gratidão, hoje a TPM é um Tempo Para Mim!

Veja mais  Como se libertar da ansiedade

Segue um gostinho do ensaio… aaaa única coisa que deixo para você é:

VIVA ESSA EXPERIÊNCIA COM SEU FEMININO!!!!

Fotos por LuCampos
www.estudiocore.com.br

 

4 Comentários

  • Andrea
    04/08/2020 at 10:42 am

    Lindas fotos. Parabéns por sua alta estima, amor próprio e força.

    • 06/08/2020 at 9:44 am

      Muito obrigada Andrea, fato muda incrivelmente dentro da gente ter essa experiência. Super abraço da Joy

  • 05/08/2020 at 9:07 am

    Sou fã desta mulher!! ❤️

    • 06/08/2020 at 9:46 am

      Ooohh minha personal musa inspiradora, sou super fã de você, obrigada por tanto carinho e apoio comigo!! Super abraço da Joy

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *