Atividade física ou exercício físico: qual a diferença e por que um deles é muito mais benéfico ao bem-estar físico e mental?

Manter o corpo em movimento é uma das principais recomendações para quem quer cuidar não só do bem-estar físico, mas também mental. O conselho está relacionado a respostas fisiológicas e metabólicas que ocorrem no organismo e melhoram a saúde como um todo. Porém, segundo a médica do exercício e do esporte do Hospital Edmundo Vasconcelos, Silvana Vertematti, para conquistar todos os benefícios possíveis, a primeira coisa é não confundir atividade física com exercício físico.

“Atividade física é todo movimento dos músculos com gasto energético, como por exemplo, o deslocamento a pé até o trabalho. Essa atividade, contudo, não garante todos os benefícios físicos possíveis e principalmente mentais, pois não há uma organização específica para sua execução. Ela foi realizada com o objetivo de locomoção e pode ter ocorrido em um contexto de tensão”, explica Silvana.

O exercício físico, por sua vez, considera itens essenciais para garantir o bem-estar físico e o mental. Além da organização já citada pela médica, há objetivos e um contexto social e de tempo. “O exercício físico está ligado a um contexto social em que há concentração e foco para que se atinja um objetivo pré-estabelecido. Há roupas e apetrechos adequados, investimento de tempo e de segurança emocional, algo que vai muito além do ato de apenas se movimentar”, diz.

Com isso, o exercício físico colabora para a liberação de endorfinas, hormônios de bem-estar que agem no cérebro, e para a ação das miocinas que atuam também na imunidade. Para obter esse resultado, a dica é reservar o tempo na agenda para esse autocuidado e optar por escolhas que se encaixem melhor aos seus gostos e necessidades.

“Geralmente a resposta do organismo ao exercício físico é alcançada após 30 minutos a 1 hora de prática. Mas vale lembrar que o exercício não se resume à academia. Opções como caminhar no parque ou na praia, yoga, pilates ou até mesmo subir e descer escadas – quando feitos com organização e dentro de uma rotina – são exercícios físicos. O importante é estar em um local agradável para que está fazendo a prática”, conclui Silvana.

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar