A essência do chocolate premium

Por Arthur Kis

7 de julho é o Dia Mundial do Chocolate. Nesse momento em que as pessoas e estão em busca de produtos mais naturais e saudáveis, o chocolate premium vem ganhando cada vez mais espaço no mercado. Mas o que diferencia um chocolate premium dos outros?

Um chocolate premium é um produto que, em termos de qualidade, resgata o sabor e a pureza do verdadeiro chocolate na sua essência e origem. É um chocolate que não precisa de excesso de açúcares ou da adição de conservantes, nem de aromatizações artificiais, ou de gorduras hidrogenadas e ingredientes químicos que interferem no autentico aroma e sabor do produto.

Em termos de posicionamento é um produto com embalagem mais elaborada que enfatiza sua diferenciação, seja com foco na origem do cacau e seu terroir, seja por características de regionalidade e pertencimento, ou até mesmo com enfoque para a personalidade do mestre chocolateiro e no que este acredita.

Nos últimos anos, estamos presenciando uma grande evolução na diversidade e qualidade de produtos ofertados pelos pequenos e médios produtores de chocolate. Assim como aconteceu no mercado de cervejas artesanais, eles ofertam produtos com melhor qualidade e o consumidor acaba abraçando esses produtos de tal forma que a grande indústria precisa seguir a tendência.

Com o aumento da diversidade de produtos nas últimas décadas, o consumidor teve a oportunidade de experimentar uma diversidade maior, tendo acesso a um novo mundo onde a experiência com os chocolates é mais intensa e sensorial, o que abre novas possibilidades para se ter acesso a chocolates mais saborosos e únicos.

O consumidor é a mola mestra da cadeia alimentícia, quando este dá valor a qualidade, sustentabilidade, diferenciação, dentre outros fatores melhor será a oferta de produtos. A cadeia produtiva pode até incentivar o consumo de produtos de pouco valor agregado e baixo custo, porém a última palavra é sempre do consumidor. Assim, se o consumidor procurar e consumir sempre produtos de melhor qualidade a oferta sempre vai seguir a demanda.

Venho percebendo algumas tendências tanto na produção e consumo de chocolates nos últimos anos, e abaixo destaco as principais:

Alto teor de cacau:

Tradicionalmente o consumidor brasileiro sempre apreciou mais o chocolate ao leite, porém nos últimos anos percebemos um grande incremento no consumo dos chocolates mais intensos, com teor de cacau superior a 60%.

A mudança no padrão de consumo é lenta, mas já podemos notar a diferença nas gondolas dos supermercados. Tanto no crescimento da oferta de chocolates 60%, 70% e até 85% cacau, bem como o aumento da oferta de chocolates ao leite mais intensos, os chamados dark milk (intensos com leite em uma tradução livre).

Menos bombons e mais tabletes:

Outro produto queridinho do brasileiro foi perdendo sua popularidade nos últimos anos, as caixas de bombons. Ainda bastante ofertadas e consumidas no varejo brasileiro estão perdendo espaço nas prateleiras Brasil a fora e abrindo espaço para os tabletes.

Valorização do produto ou produtor local:

A valorização do pequeno produtor local é uma tendência forte na alimentação, essa valorização agrega variedade na oferta de chocolates além de criatividade na elaboração de receitas. A utilização da cultura local como ingrediente na composição traz inovações interessantíssimas.

Produção bean to bar:

É um método de produção que nasceu nos EUA a cerca de 20 anos onde o produtor de chocolates elimina atravessadores e compra cacau diretamente dos fazendeiros, fazendo o beneficiamento do cacau até transforma-lo em chocolate, abaixo os principais pilares de tal metodologia:

  1. Escolher os melhores produtores e terroirs de cacau.
  2. Eliminar atravessadores buscando um comércio mais justo com o produtor.
  3. Extrair o máximo potencial do cacau através da torra e da conchagem.
  4. Produzir produtos mais puros e que tenham o cacau como a estrela.

Podemos notar nos últimos anos uma mudança nos portfólios de produtos de chocolate das grandes indústrias. A presença crescente de tabletes, produtos com alto teor de cacau e de novas linhas de produto com enfoque mais premium vem sendo observada de forma pronunciada nas gôndolas Brasil afora.

 

SOBRE ARTHUR KIS

Arthur Kis é especialista em chocolate. Nos últimos 7 anos viajou pelo mundo e fez vários cursos em diversos países para entender e se aprofundar no universo delicioso desse alimento considerado “dos deuses”.

Nessa trajetória Arthur aprendeu sobre o plantio, variedades, colheita, fermentação e secagem de cacau premium visitando fazendas e várias fábricas no Brasil e em países como a Suíça, Bélgica, França, República Dominicana e Estados Unidos, entre outros, onde aprendeu vários processos para fazer chocolates de diversos estilos

@arthurkisoficial

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar