Entenda as diferenças entre fotodepilação e depilação a laser

Os procedimentos apresentam diferenças desde aparelho utilizado à duração do resultado

Quem não deseja acabar com aqueles pelos que teimam em aparecer e crescer pelo nosso corpo? Hoje existem diversas maneiras de eliminá-los, mas nenhuma delas é definitiva, exigindo manutenção cedo ou tarde. A depilação feita por lâmina de barbear, além de não ser eficiente, pode provocar alguns machucados na pele. Há também a realizada à cera, que é mais eficaz, mas ainda apresenta um espaço curto entre as sessões. “Para quem procura um resultado mais duradouro, a dica é optar pela fotodepilação ou o laser, mas é preciso ficar atento às diferenças de cada um desses procedimentos”, explica Regina Jordão, fundadora e CEO da rede de franquias Pello Menos, pioneira nos serviços de depilação à cera indolor e laser sem hora marcada no Brasil, que listou os principais pontos de comparação entre os serviços.

1) Equipamento utilizado: Na fotodepilação é utilizada a luz intensa pulsada, que emite pulsos de luz com geração de calor que enfraquece os pelos. Já o laser promove a retirada deles por meio de disparos de laser que aquecem e queimam a raiz do folículo piloso.

2) Duração do resultado: A fotodepilação varia entre quatro meses a um ano. Já a depilação dura entre seis a 12 meses. Vale lembrar que este período pode mudar de acordo com o organismo do cliente.

3) Dor durante a aplicação: A luz pulsada da fotodepilação é praticamente indolor, isso porque o feixe de luz é espalhado durante a aplicação. Já na depilação a laser, o feixe é único e mais agressivo, sendo comum que a cliente sinta bastante dor.

4) Cuidados pós-tratamento: o cuidado é praticamente o mesmo, mas para quem realizou a fotodepilação, pode ser que sinta mais calor na área aplicada. E para quem optou pelo laser, deve evitar a exposição ao sol sem protetor solar por mais tempo, em média 15 dias.

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar