Está em busca do megahair perfeito? Conheça os tipos de cabelos ideais para o alongamento

Ao contrário do que muitos pensam, cabelo brasileiro está entre os mais resistentes e de fácil personalização

Os cabelos compridos e volumosos estão super em alta. As brasileiras caíram mesmo no gosto das madeixas longas e o mega hair tem se popularizado principalmente pelos avanços das técnicas que garantem um resultado cada vez mais natural.

Para quem está em busca de um mega hair perfeito, além de procurar pela melhor técnica das extensões é preciso também ficar de olho no tipo de cabelo que será aplicado. As diferentes etnias capilares refletem nos tipos de textura dos fios, possibilidades de personalização de cor e também no bolso.

Segundo Alina Carmezim, especialista em mega hair que comanda o primeiro curso da modalidade reconhecido pelo MEC no país, hoje em dia existe uma gama gigantesca de opções para todos os gostos. “O primeiro passo é analisar qual o fio de cabelo é mais indicado, por isso é preciso avaliar a textura natural do fio de quem deseja aplicar o mega hair para depois escolher a melhor etnia do fio que será utilizado”, esclarece.

Tudo vai depender também do que a pessoa pretende fazer após a aplicação. “Nem sempre a escolha é deixar a cor dos fios naturais e se houver interesse em descolorir, por exemplo, existem os tipos de cabelos mais indicados”, enfatiza Alina.

Para quem pensou que os cabelos indianos fossem os mais procurados, se engana, pois é aqui no Brasil que estão os melhores fios para o mega hair. “Os cabelos brasileiros geralmente são mais leves e esvoaçantes, mais resistentes, possuem altíssima qualidade e permitem processos de química e descoloração com mais facilidade e segurança”, comenta a especialista. Por conta de todo esse diferencial também são os cabelos mais caros do mercado.

A segunda opção para quem não pode investir em um fio nacional são os cabelos peruanos. “O fio peruano também é incrível de trabalhar, são pesados, de textura média e pontas cheias que trazem um efeito natural maravilhoso e ainda tem o diferencial do preço competitivo se comparado às madeixas do Brasil”, indica Carmezim.

Mas é preciso atenção! No caso dos fios peruanos o indicado é manter a cor natural do alongamento e só descolorir se as extensões forem virgens.

Outro tipo de cabelo muito utilizado no mega hair são os fios vietnamitas que possuem uma variedade de tons escuros e claros, sendo possível também realizar alguns processos químicos, mas com todo cuidado e manutenção ideal, para conseguir manter sua durabilidade.  Para as loiras, a especialista ainda traz uma dica especial: “Sempre que a raiz do cabelo natural for mais escura, escureça também a raiz do mega para que ele fique ainda mais bonito e natural”.

Atualmente, o mercado tem adquirido com frequência os fios argentinos. Eles são muito parecidos com o peruano e o vietnamita e é considerado uma opção intermediária que tem conquistado cada vez mais as cabeças das brasileiras.

E como fazer para identificar se um fio é natural ou sintético? “Os sintéticos estão ficando cada vez mais parecidos com os naturais. Já existe até a possibilidade de fazer escova, prancha e babyliss, mas é incomparável quando se fala de cabelo natural. Uma dica que dou para minhas clientes é para sempre ficarem desconfiadas pelo brilho exagerado dos cabelos. Na dúvida, pegue um fio e queime, se virar pó é natural, se virar um tipo de chiclete é sintético”.

A profissional também conclui: “Nem sempre a etnia do cabelo assegura a qualidade total do fio. Por isso, sempre procure por um profissional qualificado e que garanta a procedência do material que está sendo utilizado”, finaliza.

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar