Dentro de casa e sem atividades físicas durante a pandemia, procura por serviço de emagrecimento para crianças cresce 20%

Com menos brincadeiras e mais tempo em frente às telas, a Emagrecentro registrou o aumento na procura pelo programa Emagre Kids, uma metodologia exclusiva com alimentação saudável focada em crianças e adolescentes

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) apontou que o aumento do tempo em frente às telas, a diminuição das atividades físicas e das brincadeiras ao ar livre impulsionaram o ganho de peso entre crianças e adolescentes durante o isolamento social – fator de risco para a obesidade. Os números da franquia de emagrecimento Emagrecentro corroboram com a informação: em 2021, a procura pelo programa infantojuvenil, Emagre Kids, aumentou 20% comparado ao ano anterior.

O médico Edson Ramuth, CEO da Emagrecentro, destaca que entre as crianças e adolescentes que chegam às unidades no Brasil e nos Estados Unidos, 30% estão com sobrepeso e 15% se enquadram no diagnóstico de obesidade. O especialista complementa que os pais estão cada vez mais alertas de que, sem tratamento, o excesso de peso nesta faixa etária compromete a saúde e o desenvolvimento. Contudo, o mais importante é pensar a longo prazo e estabelecer uma rotina de hábitos saudáveis.

“A Organização Mundial da Saúde estima que em 2025 o número de crianças obesas no planeta chegue a 75 milhões. Este cenário preocupa porque o excesso de peso aumenta o risco de diabetes, pressão alta, distúrbios do sono, colesterol alto, entre outras condições médicas que podem afetar o indivíduo o resto da vida. Por isso, quanto antes introduzirmos uma alimentação natural e atividades regulares, maior será a qualidade de vida”, explica Edson Ramuth.

Trocando doces por frutas 

Nem sempre os pais conseguem dar conta de substituir o refrigerante pelo suco natural e o sedentarismo pelas atividades físicas sem ajuda profissional. Por isso, a Emagrecentro, uma das maiores redes de emagrecimento e estética corporal do Brasil, também tem um programa com foco nos pequenos e a mudança de hábito, assim, pode incluir a família toda, de adultos à crianças.

O Emagre Kids une alimentação saudável e acompanhamento regular para a faixa etária dos 8 aos 15 anos. “O programa alia orientação alimentar semanal com um instrutor de emagrecimento para transformar os hábitos inadequados do dia a dia de maneira divertida e inteligente. O intuito é estabelecer hábitos benéficos e adequados à idade”, indica Ramuth.

Com uma estratégia composta de todos os macronutrientes necessários para o desenvolvimento adequado dessas crianças e adolescentes, os resultados aparecem já nas primeiras semanas de programa. Atualmente, a Emagrecentro colabora no combate contra o sobrepeso e a obesidade em adultos e crianças em todo Brasil e nos Estados Unidos. Ao todo são 240 unidades no Brasil e 5 no exterior. Para mais informações, acesse: www.emagrecentro.com.br

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar