Por que é importante higienizar peças de decoração e roupas para as festas de fim de ano?

Empresária comenta sobre a importância de higienizar as peças de decoração e roupas para as festas, dá dicas preciosas

As duas ceias mais importantes do ano estão chegando e a correria é geral. Natal e Ano Novo são esperados com energias de renovação. Cardápio, roupas, convidados – na medida do possível em relação a pandemia – e decoração à mesa já estão incluídos no nosso cotidiano, mas a decoração desses eventos tem que ser levada em conta. Cortinas, tapetes, almofadas também precisam de um trato especial porque acumulam poeira, ácaros que podem ser alérgicos para muitas pessoas.

Em tempos em que a higienização é uma das primeiras regras de saúde e protocolos de prevenção a Covid -19, as toalhas, guardanapos e todo o têxtil que compõem os dois jantares tão significativos em família, devem ser tratados com cuidados especiais.

Para a empresária Birgit Keller Marsili, proprietária da Lavoutique Lavanderia & Costura, o trato com os adereços que vão compor os encontros, é o mesmo que temos com as roupas no dia a dia. “Uma boa higienização desses tecidos é fundamental, principalmente nesses tempos de pandemia. É preciso avaliar o tipo de tecido de cada peça, seja lã, linho, algodão ou qualquer outro tipo de tecido, o trato é diferente. Guardanapos e toalhas de mesa bordadas requerem uma goma, que vai deixar essas peças ainda mais lindas. Se você cuidar bem dessa decoração, antes e após o uso é sinônimo de economia. Na maioria das vezes a lavanderia consegue remover as manchas e deixar a sua peça pronta para o próximo uso”, orienta a empresária.

Para te ajudar a ornamentar a mesa com guardanapos de tecido, a empresária dá dicas preciosas de como eles podem deixar a ceia mais elegante e charmosa.

Confira as dicas:

1. Extremamente funcionais e complementares na decoração da mesa posta, os guardanapos de pano são fundamentais e dão um charme a mais nas festas de final do ano. ⁣⁣

2. Use a criatividade a seu favor: você pode combinar o tom do guardanapo com a toalha de mesa ou criar um contraste entre as peças. Aproveite também para elaborar dobraduras diferentes. ⁣⁣

3. Outra sugestão é saber “brincar” com a harmonia dos guardanapos com as louças. Fique de olho nas texturas e tonalidades que melhor conversam entre si. Pequenos toques podem tornar a mesa ainda mais linda. ⁣⁣

4. Utilize acessórios como argolas, prendedores ou fitas nos guardanapos para dar um toque final na sua mesa. ⁣⁣

Trajes natalinos e branco no Ano Novo

Assim como a decoração, as roupas que vamos usar seguem a mesma linha, tanto para as roupas usadas, quanto para as peças novas. Se existe um dia do ano em que as pessoas param pra pensar em qual roupa vestir, este dia é o Revéillon. Além de escolher o modelo mais apropriado para a praia ou para um baile, as cores dos tecidos significam aquilo que desejamos para o ano seguinte. Representando a paz, o branco é sem dúvidas a principal cor eleita para a virada, mas a atenção com o traje.

Durante as celebrações pode acontecer de derrubar espumantes ou outras bebidas na roupa. Quando isso ocorrer o melhor a fazer é nada! Isso mesmo: evite tentar limpar com água, sabão ou alvejantes, pois a melhor maneira de tratar uma mancha é com especialistas. Segundo Birgit Marsili, proprietária da Lavoutique, as pessoas geralmente querem limpar a mancha na hora, achando que se ela secar será pior. “Muito pelo contrário, tentar remover a mancha por conta pode danificar o tecido ou alterar a cor da peça. O ideal é levar a roupa manchada até uma lavanderia”, salienta.

Independente do tipo de mancha – seja ela de café, vinho, espumante ou sorvete – a dica é deixá-la para quem entende do assunto. De acordo com Driano Marsili, também proprietário da Lavoutique, a lavanderia possui um produto específico para cada tipo de mancha. “Se o cliente trouxer a roupa manchada sem nenhuma química anterior, a mancha pode desaparecer com mais facilidade”, frisa.

Outra informação importante é que as roupas brancas devem ser lavadas sempre separadamente. A etiqueta das peças indicará qual processo deve ser seguido. “Vale ressaltar que tecidos brancos nunca devem ser secos ao sol – para evitar a formação de manchas – e o segredo é guardá-los em papel de seda azul, pois ele bloqueia a penetração de luz na roupa e, consequentemente, a queima do tecido”, explica Birgit Marsili.

A secagem de tecidos delicados deve ser feita na horizontal. Em cidades muito frias um ventilador pode auxiliar o processo. Para quem lava roupa em casa vale a pena seguir essas dicas, porém se a peça estiver manchada vale estender sua beleza e vida útil com o auxílio da tecnologia das lavanderias.

Sobre a Lavoutique
Os empresários Birgit e Driano Marsili entraram no ramo de lavanderias em 2013 com vontade de fazer melhor e diferente. Preocupados com a sustentabilidade e excelência, estudaram, viajaram, formaram parcerias e importaram para Curitiba o que há de melhor no segmento de lavanderias a nível mundial. Equipamentos suecos e italianos, insumos alemães e a calorosa energia brasileira, são a fórmula especial da Lavoutique. Com ética, responsabilidade e máxima qualidade, oferecem serviços de costura, lavagem a seco, água e wet cleaning para tratar as roupas, artigos de cama, mesa e banho e tudo o que “veste” a casa. A Lavoutique, mais do que uma lavanderia de excelência, é a primeira do Brasil a assinar o pacto global da ONU, alinhando toda sua operação aos 17 princípios universais de direitos humanos, trabalho, meio ambiente e anticorrupção. A assinatura representa o comprometimento ético com o desenvolvimento da nossa sociedade e o alcance da agenda global de sustentabilidade.

 

Os empresários Birgit e Driano Marsili. Foto: Ale Maya.

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar