Câncer de mama em mulheres mais velhas: a idade não é mais fator para inibir adoção de tratamentos

A idade é considerada um fator de risco para o câncer de mama, ou seja, quanto mais velha a paciente, maior a probabilidade de desenvolver a doença. Apesar dessa relação, as abordagens de tratamento e prevenção para as mulheres idosas acabavam sendo mais restritas pela compreensão de que havia baixo benefício em oferecer opções a esse público. De acordo com o mastologista do Hospital Edmundo Vasconcelos, Yong Kyun Joo, essa percepção não cabe mais no contexto atual.

A mudança de abordagem que o médico cita se deve principalmente ao aumento da expectativa de vida das mulheres no Brasil e à boa qualidade de vida que muitas têm neste período. “É preciso que as mulheres sigam se cuidando sempre. Por isso, não há uma recomendação de interromper a realização da mamografia em nenhuma idade. A descoberta precoce é essencial mesmo quando a paciente é idosa”, explica.

Quanto ao tratamento, o especialista é enfático em dizer que, na maioria das vezes, as alternativas terapêuticas serão as mesmas usadas em mulheres mais novas – ou seja intervenção cirúrgica e quimioterapia – recurso que muitas vezes deixava de ser recomendado a esse grupo. “Compreendemos que podemos oferecer o que há de melhor para que essas mulheres tenham o resultado mais satisfatório possível. E, por isso, não descartamos o uso de nenhuma alternativa. Tudo depende, claro, do estado de saúde de forma individual”, conta o médico.

Essa avaliação individualizada considera possíveis comorbidades, doenças associadas e a realidade das pacientes. “Ter esse olhar único para cada mulher é algo que vale para todas as idades e nos garante um processo mais positivo em todos os aspectos: oncológico e psicológico”, conta.


Quais cuidados necessários para prevenir o Câncer de Mama ou obter o diagnóstico precoce?

  • Toda mulher a partir dos 40 anos deve realizar a mamografia anualmente;
  • Não há uma idade limite para fazer o exame, siga sempre com orientação médica;
  • Adote hábitos saudáveis na rotina: pratique exercício, mantenha o peso corporal adequado, evite o consumo de bebidas alcoólicas e o tabagismo.

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar