Dicas para não cair em golpes em apps de relacionamento

Gleeden utiliza inteligência artificial para identificar golpes e perfis fakes

O Gleeden, principal plataforma para encontros extraconjugais projetados por e para mulheres, tem como uma de suas prioridades garantir a segurança de seus usuários, além da discrição. Para isto, a equipe de moderação do aplicativo disponibiliza no site do Gleeden dicas para os usuários não caírem em golpes.

Todos os perfis de todos os membros do Gleeden, durante e após a assinatura, mas também todo o período de registro é verificados. O Gleeden possui uma equipe de moderação que trabalha vinte e quatro horas por dia, sete dias da semana, e é treinada no reconhecimento de perfis falsos, além de utilizar um sistema automático baseado em inteligência artificial para alertar sobre membros suspeitos.

“O aplicativo foi projetado por e para mulheres. Isso significa que todo o desenvolvimento do site tem o objetivo principal de proporcionar um ambiente que preze pela segurança das usuárias desde o momento do cadastro até a decisão por marcar um encontro com alguém, e a privacidade das informações pessoais de cada pessoa. Desta forma, a segurança dentro do Gleeden é uma de nossas prioridades”, diz Silvia Rubies, diretora de comunicação e marketing do Gleeden na América Latina e na Espanha.

Golpistas costumam usar sites de namoro para coletar dados pessoais ou extrair dinheiro. Portanto, saiba o que fazer e o que não fazer em um aplicativo de relacionamento:

 

O que fazer:

– Converse com os membros para verificar se eles estão realmente interessados em seu perfil mais do que em suas informações pessoais

– Verifique se o perfil do membro está totalmente preenchido

– Verifique se as informações deste perfil de membro correspondem à sua conversa

– Denuncie qualquer membro suspeito

 

O que não fazer:

– Comunicar informações pessoais

– Doar dinheiro para viagens, cuidados hospitalares,

– Seguir o membro em outra plataforma não segura

 

O Gleeden também informa que é preciso ligar o alerta quando alguns comportamentos parecem suspeitos. Como, por exemplo, o outro membro solicita dados pessoais, quantias em dinheiro, sexo virtual em outra plataforma por meio de câmeras, entra em contato com você sem ter visitado seu perfil, tntar conversas fora do aplicativo logo de imeditato, possi perfis não preenchidos, ou mantem conversas inconsistentes ou fornece informações inconsistentes.

“No Gleeden, temos a preocupação de recomendar que os usuários criem um e-mail apenas para uso na plataforma, justamente para evitar que algum dado pessoal seja descoberto de forma a prejudicar o usuário enquanto está conectado. Além disso, existem outras ferramentas disponíveis para que os membros se sintam à vontade em conversar com quem quiserem, sem que corram o risco de serem descobertos ou de que tenham informações pessoais compartilhadas na plataforma”, comenta Rubies.

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar