Podóloga ou pedicure? Entenda a diferença entre as profissões – Afina Menina – Um Portal para todas Nós

Podóloga ou pedicure? Entenda a diferença entre as profissões

Descubra tudo sobre a terapia responsável por aliviar as dores causadas por calos, unhas encravadas e que, entre as outros males, atingem essa área do corpo

São os pés que nos levam para todos os locais e nos sustentam ao longo dos dias, mas será que cuidamos adequadamente dessa parte do corpo? Para saber qual profissional recorrer em caso de problemas, é preciso, antes, entender a diferença entre as funções de cada um. Quando o assunto é saúde, quem responde é a podologia, ciência que, de forma geral, estuda os pés. A denominação refere-se aos cuidados e tratamentos relacionados a esses membros que, por meio de conhecimentos científicos e técnicos, desenvolvem uma terapia responsável por aliviar as tensões, dores, calos, unhas encravadas, entre outros males.

Os podólogos são preparados para cuidar da saúde dos pés de forma profissional e possuem conhecimento específico para tratar doenças que atingem as unhas e os pés. “Diferente de pedicures, que focam na estética, o trabalho deste outro profissional é principalmente direcionado em saúde e bem-estar. Os profissionais podem auxiliar na identificação de causas de dores, orientando quanto aos melhores tratamentos e produtos corretivos e preventivos”, explica a podóloga Maria Lourdes Pinheiro, coordenadora técnica da Doctor Feet.

Para atuar como pedicure ou manicure, na maioria das vezes, são realizados cursos livres com duração de 60 a 160 horas, que capacitam para realizar tarefas como corte de unhas, polimento e esmaltagem. Há ainda cursos específicos para quem deseja criar desenhos e aplicar unhas de gel e acrílico. Já para o podólogo, é exigido o técnico em podologia, que dura aproximadamente dois anos e preenche uma lacuna no cuidado e tratamento dos pés, dando ênfase a um atendimento multidisciplinar da área da saúde.

“O podólogo não substitui um tratamento avançado da área médica, mas o profissional é um auxiliar muito importante na identificação dos sintomas de patologias sérias dos pés nas áreas de ortopedia, dermatologia, angiologia, endocrinologia e outras”, afirma Maria Lourdes. Por isso, é muito comum que os podólogos indiquem médicos quando o problema pode precisar de intervenção medicamentosa ou cirúrgica.

Os médicos, por sua vez, indicam podólogos para cuidar da saúde geral e dos pés. “Cuidando do bem-estar da população com foco na saúde, o podólogo é cada vez mais reconhecido, principalmente em tempos difíceis como o que estamos vivendo, com sobrecarga no sistema de saúde”, complementa Maria.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *