A busca do design pelo bem-estar do usuário – Afina Menina – Um Portal para todas Nós

A busca do design pelo bem-estar do usuário

Inspirado no conceito escandinavo Hygge, a FK Wellness conta com produtos que se adaptam às necessidades do usuário

A saúde nunca esteve tão em foco no Brasil e no mundo. Segundo pesquisa do Instituto Ipsos, encomendada pelo Fórum Econômico Mundial e divulgada pela BBC News Brasil, 53% dos brasileiros declararam que seu bem-estar mental piorou um pouco ou muito no último ano. À medida que as pressões externas afetam o modo como vivemos, é preciso dar às pessoas um senso de conforto e afetividade e, nesse contexto, os ambientes ganharam um novo significado.

Para muitas empresas, este momento se torna ideal para realizar uma profunda reflexão sobre o papel do design na busca de um novo equilíbrio e desenvolver produtos que repensem hábitos e o futuro com maior consciência. “As peças precisam ser mais flexíveis e adaptáveis a novas funções e necessidades do usuário. Por isso, é necessária uma maior atenção à privacidade e higiene, sem deixar de lado a preocupação com questões como formas, características naturais das matérias-primas, funcionalidade e o senso de harmonia natural”, afirma o designer Ricardo Bello Dias.

Fruto do trabalho visionário e ousado de Bello Dias e da equipe técnica do FK Grupo, a FK Wellness, trouxe um novo conceito em mobiliário focado na hotelaria hospitalar, que humaniza e preza pelo bem-estar, segurança, valores e conforto do usuário. Com inspiração no conceito escandinavo hygge de proteção e acalento, a marca conta com uma variada gama de produtos, entre eles, cadeiras, poltronas e sofás. Os mobiliários são compostos por acabamentos, tecidos e cores que foram escolhidos minuciosamente para acolher, sem abrir mão da sofisticação e atendendo todas às exigências técnicas particulares à área da saúde.

 

Segundo Bello Dias, Hygge é um substantivo das línguas dinamarquesa e norueguesa usado para definir um sentimento, uma atmosfera social, uma ação relacionada à sensação de conforto, segurança, acolhimento e familiaridade. Esta tendência nascida nos países escandinavos trouxe um design que dá importância às formas, às características naturais dos materiais e à funcionalidade. Para ser Hyggeligt (adjetivo derivado de Hygge) você tem que se concentrar nas coisas simples, que te fazem sentir bem, recriando um ambiente acolhedor.

“O estilo escandinavo é difícil de comparar com a época exata em que nasceu, porque toma forma a partir do design de produto nórdico que revolucionou o mundo do design moderno. Esta nova tendência trouxe aos países escandinavos um design que deu importância às formas, às características naturais dos materiais e à funcionalidade”, afirma Bello Dias.

O cuidado mais amplo com o ser humano e com os agentes externos que interferem em sua saúde tem berço, em sua maioria, na medicina oriental. Por isso, cada elemento deve contribuir para a harmonia geral dos espaços, com formas lineares e geométricas, em um design funcional, caracterizado pela qualidade dos materiais e uma beleza atemporal, proporcionando uma sensação de conforto, segurança e hospitalidade. “Devemos identificar o essencial e eliminar o resto, privilegiar a qualidade à quantidade, envolver-se com a tecnologia, otimizar o tempo dedicado às atividades e facilitar a higiene”, completa o designer que também é diretor artístico da marca.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *