Importação de equipamentos de energia solar cresce no Brasil – Afina Menina – Um Portal para todas Nós

Importação de equipamentos de energia solar cresce no Brasil

Com impostos zerados até o final de 2021, ES Logistics registra aumento de 33% na importação de painéis solares no último ano. Paraná é o segundo maior importador de painéis solares

O mercado de energia solar no Brasil corresponde a 1,7% de toda a matriz energética brasileira, de acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR). Segundo a ANEEL, a instalação de equipamentos de geração de energia solar tem grande potencial no Brasil e já corresponde por cerca de 3 GW de potência instalada: a geração de energia solar no Brasil teve um crescimento 45% no primeiro semestre de 2020, com a criação de mais de 47 mil novos postos de trabalho, de engenheiros até os técnicos de instalação.

O grande incentivo do governo, com impostos zerados até o final de 2021, contribuiu para um grande aumento na importação de painéis solares no Brasil. Em 2020, a ES Logistics, empresa especializada em logística internacional, apresentou um crescimento de 33% neste setor. “Muitas empresas de diferentes segmentos passaram também a atuar nesse ramo. Percebemos um aumento não apenas das cotações de fretes deste produto, mas também uma busca por informações deste mercado e sobre projetos para fazendas de energia solar”, lembra o gerente regional da ES Logistics de Londrina, Guilherme Cruz. O Paraná é o segundo maior importador de painéis solares, segundo o Portal Comex Stat.

Cruz afirma que “a ação do governo visa incentivar a adoção dessa fonte de energia pelos consumidores, que hoje corresponde por apenas 2% da matriz energética do Brasil”.

Segundo o Ministério de Minas e Energia, as fontes renováveis de energia chegaram a 46,1% de participação na Matriz da Demanda Total de Energia de 2019, aumentando 0,6 ponto percentual em relação ao indicador de 2018. A energia solar cresceu 92% e a eólica, 15,5%. Somados, esse crescimento contribuiu com 50% do aumento da participação das renováveis na matriz.

Até o final de 2021, a projeção da ES Logistics é alcançar um aumento de 45% em importação de módulos fotovoltaicos. No segundo semestre de 2020, a empresa importou em média 1100 TEUS ao mês em painéis solares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *