PAPADA – O terror das mulheres acima dos 40 tem solução

Sabemos que a partir dos 30 anos o envelhecimento da pele começa a se tornar visível, e assim, as queixas nos consultórios dos dermatologistas tornam-se mais frequentes.

O envelhecimento da pele acontece devido à perda de colágeno que começa progressivamente a partir dos 30 anos.

Segundo a Dra Mariana Paixãomédica dermatologista, membro da SBD e SBCD, o envelhecimento do terço inferior da face e o pescoço, é uma queixa muito frequente no consultório. Ela diz que o pacientes a partir dos 30 anos, vem com a queixa da sensação do derretimento do rosto e do aparecimento da papada.

“O aparecimento da papada geralmente é causado pela flacidez, pela reabsorção óssea e pela queda dos compartimentos de gordura da região do terço inferior da face (queixo e mandíbula)” – Explica a médica.

OS TRATAMENTOS

O tratamento para cada caso deve ser avaliado por um dermatologista.

Dra. Mariana Paixão alerta que é muito importante iniciar alguns tratamentos logo que você notar alguma flacidez na região.

E para isso, existem dois procedimentos que já são “bem queridinhos” para este probleminha. Estamos falando do Ultraformer, que é o ultrassom micro e macrofocado, que vai fazer um estímulo de colágeno na região e os Fios de PDO, que também atuam com o estímulo de colágeno melhorando a qualidade daquela pele.

“Isso porque, enquanto o primeiro age diretamente nos micropontos de coagulação localizados na derme, estimulando o colágeno, o segundo gera um efeito lifting que corrige a flacidez da região, além de também estimular as fibras de colágeno” – Explica a Dra Mariana Paixão, que completa…

Os bioestimuladores de colágeno como sculptra e radiesse também vão proporcionar a firmeza da pele, bem como outras tecnologias que podem ser associadas para esse tipo de tratamento.

E nos casos mais avançados, a indicação é a cirurgia plástica, esclarece a Dra. Mariana.

Para quem se interessar, geralmente são indicadas três sessões do Ultrassom micro e macrofocado e depois uma manutenção anual.

Já, os Fios de PDO tem uma durabilidade de seis a oito meses dependendo muito do tipo de fio e da aplicação.

Ambos são feitos em consultório com anestesia tópica.

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar