Estética pós-parto: conheça tratamentos que ajudam a minimizar as marcas da gravidez – Afina Menina

Estética pós-parto: conheça tratamentos que ajudam a minimizar as marcas da gravidez

Queloide, cicatriz de cesárea, escurecimento da pele, flacidez e estrias; especialista explica procedimentos para mulheres após gestação

A maternidade muda muita coisa na vida de uma mulher. O momento do parto é especial para todas as mães, o primeiro contato com o bebê é sempre inesquecível, mas para quem opta pela cesárea ou precisa passar por este procedimento, as marcas do pós-parto podem incomodar. Mas com o avanço da tecnologia e tratamentos corretos, existem hoje diversas técnicas para corrigir a cicatriz e melhorar a aparência da pele.

Segundo Aline Caniçais, especialista dermatofuncional da HTM Eletrônica – empresa referência na fabricação de equipamentos estéticos -, o repouso inadequado ou o esforço físico em demasia podem contribuir com o aparecimento das cicatrizes hipertróficas pós-cirúrgicas. “A cicatrização irregular é capaz de gerar aderências que resultam em um aspecto disforme e visualmente indesejável. Hoje os procedimentos estéticos são os salvadores das sequelas pós-cirúrgicas, tratando a área lesionada e contribuindo com a minimização ou exclusão destas cicatrizes”, comenta.

Veja mais  Marca de moda praia faz diferente e vem conquistando as brasileiras

Alta tecnologia no tratamento pós parto

Queloide, cicatriz hipertrófica e escurecimento da pele são algumas das queixas mais comuns em mulheres que passam pela cirurgia cesariana. Com a inclusão dos tratamentos no pós-operatório inicial, os resultados obtidos podem ser significativamente melhores. “Equipamentos de ultrassom que promovem a aceleração do metabolismo celular, melhora os tecidos e a quebra dos nódulos fibróticos. Procedimentos como esses tratam e recuperam os tecidos logo após 48 horas da cirurgia”, afirma.

Ainda de acordo com a especialista, no pós-operatório tardio é possível tratar irregularidades corporais procedentes da cirurgia. “Alguns equipamentos apresentam terapias combinadas com correntes eletroterapêuticas, que contribuem com o alinhamento das fibras de colágeno, restabelecem a bioeletricidade tecidual e ainda atuam na destruição de microrganismos que podem causam infecções no local”, conclui.

Cuidados para flacidez e estrias

Mesmo durante a amamentação é possível realizar alguns procedimentos, mas sempre com consulta ao seu médico. Tratamentos realizados com ondas de choque ajudam na redução de gordura localizada, melhora a flacidez e é indicado, principalmente para celulite. Em média, com oitos sessões, já é possível ver a melhora na firmeza da pele e redução de quase 100% das celulites. É preciso avaliar cada caso, mas geralmente três meses após o parto já é possível iniciar esse tipo de tratamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *