Caber em você – Afina Menina

Caber em você

Você já parou para pensar qual é o tamanho da moda?

Não! Mas aposto que já ficou frustrada por não caber em você determinada peça. Todos já passamos por isso ao entrar em uma loja, escolher uma peça e quando chega no provador ela não cabe. Aí vem e chateação, a irritação, a depressão e muitas vezes o ódio por nosso corpo, seja ele gordo ou magro.

Cansei de sair de lojas me sentindo um lixo!

Depois de passar por mais uma situação dessas, decidi que nunca mais me sentiria assim. A situação em questão ocorreu em uma loja de moda plus size (apenas com vendedoras magras e sem nenhuma empatia) em que pedi por uma calça jeans escura e de corte reto. O que a vendedora me trouxe (não antes de me medir da cabeça aos pés)? Uma calça jeans clara e acinturada e ainda me disse: “mas vai te deixar com uma cinturinha”. Nem provei! Saí de lá frustradíssima!

Eu sou do biotipo oval, ou seja, cintura é praticamente inexistente. Logo, não vai ter cinturinha! Hellooo!!

Sempre fui gorda, e em um pequeno momento da minha vida, eu fui magra. E com esse vai e vem de peso me descobri, me aceitei. Aprendi que minhas formas são o que são e que preciso respeitá-las. E isso significa não me apertar em roupa alguma. Descobri que estar bonita e elegante não significa necessariamente caber num jeans 38, nem usar salto 15, ou tão pouco o cabelão (ma-ra-vi-lho-so) da Gisele Bundchen.

A maior lição que tirei disso tudo é: que a roupa é que tem que caber em você e não você nela!

Notou que eu usei a expressão caber em você?

Nosso maior erro é deixar que o “tamanho da moda” – o caber na roupa, determine quem somos e como nos sentimos.

Não é a etiqueta do seu jeans que deve determinar quem é você, nem que tipo de relação você vai ter com o mundo.

Pense nisso!

 

Dani Valle

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *