Harmonização facial: 5 mitos sobre o procedimento da moda – Afina Menina

Harmonização facial: 5 mitos sobre o procedimento da moda

Tratamento queridinho dos famosos ganha cada vez mais adeptos

A harmonização facial se tornou a nova moda entre os famosos e também caiu no gosto do público. A técnica, que combina um conjunto de procedimentos estéticos, ficou popular por deixar as linhas do rosto mais harmônicas e simétricas.Nomes como Kylie Jenner, Alok, Gretchen, Natiare Azevedo, cover oficial da cantora Sandy, Luis Mariz, Carlinhos Maia e mais recentemente Nadine Gonçalves, mãe de Neymar Jr., causam debates nas redes sociais sobre os prós e contras do método.

Doutor Willian Ortega, cirurgião dentista especialista em harmonização facial, esclarece 5 mitos comuns sobre o tratamento.

1- A Harmonização facial envolve cirurgia plástica?

A harmonização facial é um tratamento estético que utiliza uma combinação de várias técnicas de preenchimento, como fios de PDO, bioestimuladores de colágeno e toxina botulínica. Estes procedimentos são considerados minimamente invasivos, realizados apenas com agulhas. Aí está um dos grandes apelos da harmonização, a falta de cortes, e por consequência, a recuperação rápida e menos dolorosa.

Veja mais  Tudo o que você queria saber sobre: Cirurgia Reparadora

2- Os efeitos do tratamento são permanentes?

Os produtos injetados durante o tratamento são completamente absorvíveis, e fazem efeito na pele durante um período de 6 meses, para a toxina botulínica e de 12 a 18 meses para outros preenchedores, antes de “desaparecerem”. Assim, o rosto retorna ao seu estado natural, e pode-se realizar novamente as aplicações, ou não.

3- A pele ficará muito esticada e inflexível?

O efeito do rosto excessivamente esticado é comumente visto em casos de cirurgia plástica, onde a pele é, literalmente, esticada. Na harmonização facial, apenas são preenchidos pontos estratégicos da face, proporcionando uma aparência natural.

4- Pessoas mais jovens não precisam de procedimentos estéticos?

Atendo em meu consultório vários jovens que buscam desde uma correção no nariz, formato do rosto até queixas sobre o sorriso ou linhas de expressão. A aparição destas linhas varia muito de pessoa para pessoa, para algumas pode acontecer aos 20 anos, enquanto para outras depois dos 30. Meu conselho para os pacientes, é buscar o tratamento quando as marcas estiverem aparentes no rosto em repouso.

Veja mais  Sal grosso e alecrim não são só para carnes

5- O rosto pode perder a sensibilidade após as injeções?

Durante o procedimento podem haver alterações da sensibilidade, pois algumas formulações com ácido hialurônico contém anestésico local para deixar sua aplicação mais confortável. Porém o efeito é temporário, e não causa nenhum dano ao sistema nervoso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *