Quero ser modelo, por onde começar? – Afina Menina

Quero ser modelo, por onde começar?

Muitas pessoas ainda pensam que para ser modelo basta apenas estar dentro de um certo perfil de beleza e tirar fotos. Mas a realidade é que a carreira requer muita dedicação, como qualquer outra profissão. Cuidados com o corpo, alimentação, pele, cabelos, treinar técnicas para sair bem nas fotos e as incertezas quanto a garantias de trabalho. Além de ser um mercado muito competitivo e que não remunera bem quem está começando a carreira.

Se você tem esse sonho não quero te desanimar, vou te dar essa dose de realidade e o que você pode fazer para superar esses desafios.

Durante minha jornada até aqui já apareci na Vogue, um dos maiores nomes no mundo da moda, em entrevistas na TV e em uma capa de revista, e vou te contar o que aprendi lá no começo pra chegar até aqui.

É preciso acreditar

Após me frustrar na infância, voltei a buscar esse sonho depois de adulto, então te digo que quanto mais cedo começar, melhor, mas que não há idade para iniciar.

Hoje estou há cerca de 3 anos buscando esse sonho, só no último ano, quando passei a me dedicar de verdade, é que as coisas começaram a acontecer.

O primeiro passo para ser modelo (ou qualquer coisa na vida) é acreditar em você e assumir a responsabilidade de correr atrás desse sonho.

Por mais que seja o sonho dos seus pais, ou as pessoas falem que você leva jeito para ser modelo, se você não acreditar que pode já está começando fracassando (falo por experiência própria).

Durante esses anos contei com ajuda de agências e parceiros de negócio, mas só quando eu passei a constantemente me preparar para as oportunidades e buscar novos caminhos é que eu consegui resultados.

Tenho perfil para ser modelo?

Primeiro, esqueça padrões de beleza física por um momento. Beleza é relativo para cada um e todo mundo tem a sua. Não vou ser hipócrita, ainda existem muitos “padrões de beleza” nesse meio, mas felizmente o mercado está abrindo espaço para muitos perfis diferentes do que era considerado padrão para a moda.

Quero que pense em perfil de uma forma mais ampla. Estou falando de gostar de ser fotografado, de se imaginar desfilando, cuidar muito da aparência, ficar horas em filas de testes, não ter rotina nem estabilidade de trabalho e estar preparado para ser levar alguns “nãos” no começo.

Se você busca ser modelo apenas pelo glamour e para ter fotos bonitas, saiba que por trás disso vai precisar ralar muito e ter muita força de vontade.
Sendo bem direto sobre ter ou não perfil, isso depende. Se você está disposto a viver tudo que escrevi acima e encarar tudo como uma profissão, sim você tem perfil, coloque na sua cabeça que se acreditar você pode ser o que quiser.
Mas não vou te iludir com essa frase motivacional, se você estiver fora dos padrões da moda, será mais difícil.

E quais são esses padrões? Não sou especialista em moda, mas é de conhecimento geral que nas propagandas e revistas o que mais vemos são mulheres e homens altos, de corpo magro ou atlético, com rosto simétrico. Então esses padrões ainda têm mais oportunidades de trabalho, eu mesmo estou dentro de um desses e já peguei trabalhos por isso mas também perdi muitos trabalhos por estar acima do meu peso. Ainda estou trabalhando para definir mais o corpo e ficar ainda mais no “padrão”, mas porque eu quero, porque me sinto melhor assim e sei que vai me abrir mais portas.

Isso é importante, você jamais deve tentar mudar pra se encaixar em algo que não faz parte da sua essência. Eu não queria ter que escrever isso, mas quis te passar a realidade. Porém, não desanime se você sente que não é parecido com esses modelos. Hoje o mercado da moda está ficando cada vez mais amplo e buscando perfis diferentes do que esses, e ser diferente desse padrão pode ser sua maior vantagem.

A cada dia aparecem mais modelos plus size, com tatuagens e piercings e muitos outros estilos diferentes desses clássicos. Além disso, é importante lembrar que o mercado se divide entre fashion (que escrevi acima) e comercial, que são modelos de propaganda e publicidade. Onde o tipo de perfil dependerá da marca que está fazendo o trabalho, não sendo exigido altura nem peso específico.

Devo procurar uma agência?

Muita gente me faz essa pergunta, e minha resposta é sim, desde que você esteja preparado. Mas como você vai se preparar se nem sabe por onde começar? Pesquisando, tendo curiosidade. Você pode consultar modelos que já trabalham, se você conhecer algum, ou na internet. Claro que você não vai ler qualquer site na internet e saber tudo, é preciso fazer uma busca mais completa.

Procure tudo que puder, por exemplo, essas palavras-chave: “como ser modelo”, “como é a vida de modelo”, “quanto ganha um modelo”, “como começar a ser modelo”. Com certeza você vai encontrar sites e vídeos no YouTube que vão te esclarecer muitas dúvidas. Na prática, muitas dessas informações podem ser diferentes, mas pelo menos quando você for procurar uma agência, já vai ter uma noção e não se deixará ser enganado.

Já se sabe por aí das inúmeras pessoas que foram iludidas por agências de modelos e promessas que não se cumprem, eu já tive experiências ruins e boas, então não vou entrar nesse tópico. Mas sempre é bom ter muito cuidado porque no meio artístico, em geral, existem muitas pessoas que se aproveitam do sonho das pessoas e fazem falsas promessas para tirar seu dinheiro. Lembrando que cada pessoa é única, então, às vezes, alguma escola de modelo foi boa pra mim mas pode não ser para outra pessoa, e vice-versa.

Para resumir esse tópico, procure uma agência, mas esteja preparado, antes pesquise e entenda sobre como funciona o mercado e tenha sempre um pé atrás antes de investir algum valor.

Agência é uma ponte

Mesmo tendo tido mais experiências ruins do que boas com agências, sou grato aos lugares que passei e continuo acreditando que existem bons profissionais nesse mercado. E uma boa agência vai ser a escola que vai te profissionalizar nesse sonho e lhe colocar em contato com o mercado de trabalho. Porém, por mais perfeita que seja sua agência, ela não vai fazer milagres, ela tem outros modelos para trabalhar além de você, então quanto mais você se preparar por conta própria, mais chances vão aparecer.

Hoje vejo a agência como uma ponte para realizar esse sonho, mas o responsável por fazer dar certo também precisa ser o modelo.

Apenas comece

Se é o seu sonho ser modelo, apenas comece, não espere o momento perfeito. Comece a fazer as pesquisas que leu acima e se aperfeiçoe no caminho. Aqui escrevi de forma bem resumida, no Instagram @pedreiromodel e no canal do Youtube “Francisco Albuquerque”, compartilho muitas dicas que aprendi até aqui. Também recomendo que busque outros modelos para se inspirar e aprender mais. Hoje ainda enfrento desafios e não vivo somente da profissão de modelo. Estou abrindo mão de muitas coisas e trabalhando em outras profissões para investir nesse sonho. Mesmo assim sigo feliz por estar seguindo minha paixão.

Acredito que o importante é curtir a jornada, se vou chegar onde quero, não sei, mas estou curtindo a batalha diária. A mensagem que tento passar é que independente da idade ou situação de vida que nos encontramos, sempre podemos recomeçar em busca da nossa felicidade.

Um Abraço e Até a Próxima Semana!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *