3 passos para identificar (e se livrar de) um Zé Roela

3 passos para identificar (e se livrar de) um Zé Roela

A última coisa que a mulher moderna precisa hoje é um cara que a Vanessa de Oliveira, sexóloga e expert em relacionamentos, chama de Zé Ruela: um atraso para sua vida. Aprenda como identificar esse tipo e fugir enquanto há tempo!

Que o mundo está cheio de embuste todo mundo já sabe. É comum ver as mulheres que se relacionam com homens reclamarem da falta de opção de bons parceiros no “mercado”, e, o pior é que, geralmente, elas percebem que o cara era um embuste depois de um bom tempo de relacionamento. Até esse ponto chegar, o cara já fez a mulher perder muitas oportunidades e atrasou a vida dela, sem ela ao menos perceber.

Vanessa de Oliveira, criadora da metodologia Mulher Magnética, que ensina três pilares para quem deseja conquistar uma vida e um relacionamento felizes, vendo as mulheres sofrendo com tanto cara que não presta, analisou e identificou as 3 características que configuram um Zé Ruela. Assim, nós, mulheres, paramos de perder o nosso precioso tempo com cara que não vale a pena e passamos a investir em relacionamentos bons de verdade.

“Deixa eu te contar algo, amiga linda, os melhores homens, aqueles com quem queremos nos relacionar e que valem a pena, estão atrás de mulheres que são poderosas e confiantes.” Alerta a sexóloga e especialista em conquista e sedução.

Os melhores homens, com quem você terá os relacionamentos mais incríveis, são homens que gostam de mulheres que tem amor próprio, autoestima e uma vida própria.

Fique atenta aos sinais de veja se aquele cara que você está investindo é um homem que vale a pena ou um Zé Ruela.

1º Não celebra seu crescimento

Ganhou um aumento, conseguiu o emprego que tanto queria ou o seu próprio negócio está indo bem e ele não fica feliz por isso? Sinal de alerta aí. O relacionamento implica no crescimento dos dois em diversas áreas da vida. Se ele se incomoda com as suas conquistas pessoais, é porque ele tem medo de você ser “melhor” que ele. Esse clima de competição entre os dois não é saudável.

2º Se sente desconfortável com sua independência emocional

Sabe quando o cara reclama que você nem o consultou para fazer isso ou aquilo, em situações que cabem só a você decidir? Fica bravo quando você discorda do que ele disse ou fez? Ou, até mesmo, se incomoda com o fato de você não ser (tão ou nada) ciumenta? É melhor repensar nessa relação ou chamá-lo para conversar. Ele, muitas vezes sem perceber, quer que você seja dependente emocionalmente dele, porque desse jeito é mais fácil de te dominar.

3º Tende a te deixar insegura

Provavelmente você já deve saber que o mundo cobra muita coragem de você, caso queira viver do jeito que realmente deseja. As coisas ficam ainda mais difíceis se você tiver alguém ao seu lado que só mostra o lado negativo das coisas ou aponta os seus defeitos para você mesma. Um cara que não bota fé nos seus projetos, na sua força, na sua capacidade e coragem, vai minando sua autoestima e, inconscientemente, te deixando cada vez mais insegura. A primeira impressão que dá, é a de que o cara parece ser uma pessoa cautelosa, preocupada e que só quer te proteger de eventuais fracassos, mas não se engane: só cresce quem também cai, e ele sabe muito bem disso.

“Todos esses comportamentos são sinais de um cara mal resolvido e que, provavelmente, será uma pessoa que vai te impedir de se desenvolver como mulher e como profissional, nem que seja minando sua mente diariamente com doses de insegurança”, aponta Vanessa.

Bons homens x Zé Roela

Os bons homens não querem se relacionar com mulheres dependentes, que são emocionalmente frágeis, boazinhas e vítimas. Eles sabem que uma relação nunca será bem nutrida para ambas as partes quando isso acontecer. “Quem gosta de mulher sem poder e sem brilho são os homens machistas, mal resolvidos ou com distúrbios emocionais”, comenta Vanessa.

Esses homens só se sentem bem ao lado de uma mulher quando eles têm a impressão de que estão podendo mais do que elas. E quando sentem que não podem, então fazem de tudo para rebaixá-la. “E esse processo todo, muitas vezes, acontece de forma inconsciente, nem ele mesmo percebe que está fazendo isso. Ele se sente aliviado quando rebaixa mas não se dá conta do exato motivo e assim passa a repetir a ação”, analisa a especialista.

E para você atrair os melhores homens e ter o relacionamento dos seus sonhos, é preciso se tornar essa mulher empoderada e parar de atrair o Zé Ruela que tenta se aproveitar (ou criar em você) fragilidade emocional ou insegurança, para rebaixar você a ponto dele se sentir um pouco melhor com ele.

Para não perder mais tempo com os embustes e só se relacionar com homens bons de verdade, é preciso primeiro cuidar do seu relacionamento com você mesma. “Desenvolvendo o seu poder pessoal e criando uma autoestima tão elevada que só os melhores homens vão dar conta de estar ao seu lado”, ensina. Vanessa compartilha dicas em seu canal do Youtube e Instagram sobre os passos para se tornar essa mulher autoconfiante e também tem treinamentos especializados no tema. Para saber mais acesse: https://mulhermagnetica.com.br/