Tendências da implantodontia na era da Odontologia Digital

Exames tridimensionais, imagens 3D, planejamento cirúrgico e protético são algumas atribuições que a era digital oferece para os consultórios

A tecnologia proporciona ações na implantodontia que antigamente não eram possíveis de acontecer, como a  realização de exames tridimensionais, como tomografias e escaneamentos intraorais e de face, para diagnóstico e planejamento dos procedimentos.

Portanto, implantes na era da odontologia digital possuem técnicas aprimoradas para planejar, instalar e reabilitar os pacientes de forma mais precisa e segura. “Através da utilização de imagens 3D proveniente de tomografias computadorizadas, escaneamentos dos arcos dentários e o uso de fotografias (escaneamento da face) em softwares, é possível realizar planejamentos mais precisos”, explica Dr. Alfredo Mesquita, especialista em Odontologia Digital.

Outra tendência de implantes na era da Odontologia Digital é a melhora na integração dos sistemas de planejamento cirúrgico e protético, permitindo que a previsibilidade do planejamento virtual possa ser realmente replicada, sem imprevistos, com segurança e responsabilidade.

“O tempo de tratamento é menor, com mais conforto e menos invasivo. Porém, ainda são poucos os consultórios no Brasil que possuem equipamentos de fluxos digitais tão avançados, por mais que seja o país com mais dentistas no mundo”, detalha Alfredo Mesquita.

A cirurgia de implante total guiada por computador também é uma técnica que permite realizar cirurgias de implantes menos invasivas e mais cômodas. Ela dispensa a necessidade de realizar grandes cortes e suturas na gengiva, tornando dessa maneira o período pós operatório mais tranquilo e com recuperação mais rápida.

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar