Vai depilar o rosto? Entenda quais são os métodos

Por ser uma das áreas mais sensíveis do corpo, a escolha pelo tipo de depilação facial é muito importante

Grande parte das mulheres apresentam pelos visíveis no rosto e algumas até mesmo a famosa penugem, que são aqueles fiozinhos mais finos e bem claros que cobrem essa parte do corpo. Há quem não se incomode com o adereço natural do organismo, mas, para aquelas que não suportam nenhum tipo de folículo na face, como alternativa há as depilações faciais. “O rosto é uma das regiões mais sensíveis do corpo, por isso, a escolha do tipo de depilação é muito importante para se evitar qualquer dano à pele”, explica Regina Jordão, fundadora e CEO da rede de franquias Pello Menos, pioneira nos serviços de depilação à cera indolor e laser sem hora marcada no Brasil, que listou os principais métodos utilizados.

  • Depilação com cera: É o procedimento mais recomendado por não conter nenhum tipo de contraindicação. Além disso, o intervalo entre as manutenções é maior. “A região depois pode apresentar vermelhidão ou inchaço devido a tração feita na pele na hora da depilação, mas ainda assim, é uma das mais seguras e efetivas”, alerta Regina.
  • Laser: Apesar de promover uma depilação mais duradoura, esse método não é recomendado para peles sensíveis por ser considerado agressivo. Além disso, algumas alterações hormonais podem prejudicar os resultados, recomendando-se pesquisar juntamente com o médico a aplicabilidade.
  • Creme depilatório: É o método de mais fácil aplicação e bem menos agressivo do que lâmina, porém, também é superficial, exigindo uma manutenção com maior frequência. “Assim como na lâmina, o corte acontece rente a pele, o que faz com que a velocidade de crescimento do pelo seja maior”, explica a CEO do Pello Menos.
  • Depilação com linha: É muito utilizada e sua principal vantagem é a capacidade de arrancar o pelo pela raiz, inclusive os bem finos e de difícil remoção. “Apesar de ser um procedimento bem dolorido, os riscos são praticamente inexistentes e é importante lembrar que a técnica é recomendada para pelo finos, já que aqueles muito grossos não serão removidos facilmente”, finaliza Regina Jordão.

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar