Teste de saliva em casa detecta risco para doenças graves e câncer

Além de proporcionar conhecimento sobre a ancestralidade, os testes de mapeamento genético também podem antecipar o diagnóstico a doenças, como câncer de mama

O DNA é como um manual de instruções para nossa formação, ele determina as nossas características com base na herança genética que recebemos dos nossos antepassados. Nossos genes são como capítulos que garantem a manutenção e o funcionamento do nosso organismo. E esses genes mostram instruções, como cor dos olhos, textura do cabelo e tolerância a alimentos.

As próprias informações genéticas são um mistério para muitas pessoas. Nosso DNA guarda inúmeras informações sobre o nosso corpo e elas podem ser descobertas com uma simples amostra de saliva.

Os testes genéticos ajudam a compreender o conjunto imenso de informações contidas em nosso DNA. Informações que nos dizem de onde viemos, quem somos e o que podemos fazer para termos uma vida mais longa e saudável.

O kit pode ser comprado pela internet e entregue em casa. Com ele, você tem todo o material necessário para fazer a própria coleta. Basta ativar o kit na internet e passar o swab (cotonete especial) nos dois lados da bochecha e voltar para a sua embalagem com um líquido que vai conservar a amostra de DNA. Depois é só enviar o teste de volta para o laboratório e aguardar os resultados no site.

Uma das descobertas que podemos fazer com testes genéticos é a ancestralidade. Ele compara o DNA com o de 88 populações do mundo e consegue descobrir de quais delas o usuário é descendente. Ele revela a ancestralidade de 5 a 8 gerações atrás, o que corresponde aos tataravós dos bisavós.

Nós, brasileiros, temos uma mistura muito rica de povos, já que durante séculos recebemos imigrantes da Europa, África e Ásia em diversos contextos políticos e sociais. Quem nasce aqui é brasileiro, mas é praticamente impossível ter o DNA 100% local – considerando também o extermínio dos povos originários. Desvendar a ancestralidade ajuda a compreender melhor quem somos e o papel que desempenhamos no mundo. Além de possibilitar se conectar mais com as culturas de cada povo presente no seu DNA e características em comum com descendentes dessas etnias.

Por exemplo, os olhos amendoados de quem tem ascendência asiática são resultado de uma adaptação evolutiva do grupo biológico que deu origem aos orientais.

Não só características físicas são herdadas dos ancestrais, mas também podem ser herdadas condições de saúde, como predisposição a doenças. Alguns povos têm algumas variantes frequentes relacionadas à saúde e os testes genéticos podem ajudar a descobri-las.

Os descendentes de ugandenses e de outros povos do centro-leste da África podem ser um exemplo disso. Algumas pesquisas científicas recentes revelaram que a população bantu, ao migrar para o leste da África e se misturar com diferentes populações isoladas, adquiriu vários genes que ajudaram a população africana a se adaptar e à capacidade de digerir leite. Genes esses que foram passados de geração em geração.

Mas também é possível ter um diagnóstico individual com o teste genético de saúde. Muitas pessoas herdam predisposições genéticas a doenças. Algumas doenças genéticas são causadas por mutações herdadas de nossos pais e antepassados. É possível saber o risco de desenvolver doenças genéticas e até mesmo antever o surgimento delas com a leitura do DNA. A combinação da genética e de fatores externos podem aumentar o risco de desenvolver doenças.

A tecnologia Exoma lê o genoma completo: são mais de 30 milhões de letras em 20 mil genes. Por isso, consegue fazer uma análise completa dessas variantes. Descobrir a presença de variantes ligadas a doenças genéticas permite adotar medidas com um médico. Quanto antes, pensar nessas medidas, que podem ser exames, tratamentos ou estratégias para dirimir riscos e complicações, melhor.

O teste genético de saúde identifica predisposição genética que pode aumentar o risco ao desenvolvimento de doenças, como câncer de mama, ovário, próstata, colorretal, pele (melanoma), estômago e endométrio, além de doenças como triglicerídeos altos, colesterol alto, doença de Wilson, diabetes monogênica e deficiência de alfa-1-antitripsina.

Para descobrir tanto os resultados de saúde, como de ancestralidade, com apenas uma amostra de saliva, já existe o meuDNA Premium, que une os resultados do meuDNA Saúde e do meuDNA Origens e representa uma experiência de autoconhecimento do seu DNA completa.

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar