O inverno é a melhor época para perder peso: especialistas explicam

Os períodos do ano em que as temperaturas sofrem declínio podem ser benéficas para o processo de emagrecimento. Muitas pessoas acreditam que no frio, a vontade de comer aumenta, porém isto é apenas um aspecto mental, pois a questão corporal faz com que o metabolismo acelere para deixar o corpo aquecido e somado com uma alimentação saudável, pode fazer com que a perda de peso aconteça.

Para o médico Dr. Yago Fernandes (@yagofernandes.dr), atuante em endocrinologia da equipe Nutrindo Ideais (@nutrindoideais) e especialista em emagrecimento e hipertrofia, explica que o inverno é a melhor época para emagrecer pois o corpo gasta bastante calorias para equilibrar a temperatura corporal e isso consome gordura. Ao conseguir controlar a alimentação, o frio será um aliado na perda de peso. Há diferença entre a fome e a vontade de comer, enquanto a fome é quando o corpo usa a primeira reserva de energia que geralmente é o carboidrato, a vontade de comer é quando isso já foi suprido mas continuamos a ingerir alimentos.

Para uma alimentação que fortalece o processo de emagrecimento, Eleonora Galvão (@eleonoranutri), nutricionista da equipe Nutrindo Ideais (@nutrindoideais) e especializada em nutrição vegana e vegetariana indica alimentos que ajudam a dieta:

  • Cenoura: possui fibras que retardam a digestão, promovendo saciedade por mais tempo. Saciam a vontade de comer e controlam desejos por conta do tempo de decomposição e digestão mais longo, além de ser um vegetal versátil e de baixo valor calórico, ela pode ser combinada com outras opções compondo uma refeição densa em nutrientes, fundamental para emagrecimento.
  • Canela: a especiaria com potencial termogênico, acelera o metabolismo naturalmente no tecido adiposo visceral, além de promover a estabilização dos níveis de glicose no sangue, melhorando a sinalização do hormônio insulina, e consequentemente promovendo maior controle da fome.
  • Kiwi: a fruta da safra do inverno, é rica em fibras alimentares, promovendo saúde do intestino e digestão, é grande fonte de magnésio, mineral importante para controle da ansiedade, comum em climas mais frios, além de participar de uma variedade de funções biológicas. Super antioxidante, fundamental para saúde do metabolismo, contribuindo na perda de peso.

Além destes pontos, treinar no frio pode ser um ponto extra. O personal trainer criador do método “treinando sem dor”, Matheus Vianna (@semtreinonaoda), aponta que o corpo tende a se adaptar às temperaturas amenas e aumentar a capacidade de queima de gordura corporal. Atividades físicas caseiras podem ser uma boa escolha, como subir escadas num treino de cardio e perna de alta intensidade; dança, yoga e artes marciais são exemplos de exercícios que podem ser feitos dentro de casa. Algumas mudanças de comportamento na qualidade de vida também somam no desempenho, como regular a rotina de sono, já que no inverno tendemos a dormir mais, o que auxilia no emagrecimento.

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar