Receitas juninas adaptadas para diabéticos e intolerantes a lactose

Professora da Una Uberlândia dá dicas sobre como fazer

Quadrilhas, bandeirolas, correio elegante e fogueiras, são itens fundamentais nas populares festas juninas, mas para muitos o destaque principal fica por conta das comidas e bebidas típicas da época. Apesar de encantarem o público, essas delícias muitas vezes possuem nutrientes que não podem ser consumidos por pessoas com diabetes ou intolerância à lactose. Para garantir que todos curtam uma das datas comemorativas mais celebradas do Brasil, confira algumas dicas que podem ser adotadas na hora de elaborar os tradicionais pratos.

Aline Silva dos Reis, professora do Centro Universitário Una Uberlândia, que integra o ecossistema Ânima Educação, conta que a principal dificuldade de pessoas com alguma restrição alimentar é desconhecer a composição nutricional das preparações, causando dúvidas na hora de consumi-las. “Algo que ajudaria muito seria a divulgação de informações nutricionais como a descrição ‘contém lactose’ ou ‘contém açúcar de adição’ próximo à área de distribuição das comidas juninas. Essa divulgação auxilia quem tem restrições dietéticas na hora de fazerem suas escolhas. Como muitas das preparações típicas contém em seus ingredientes o leite integral e a sacarose, pessoas que possuem intolerância à lactose ou diabetes podem ficar confusos na hora de aproveitar as festanças do mês de junho”, pontua ela.

Como adaptar as típicas receitas juninas

A especialista explica que na composição dos tradicionais pratos existem diversos nutrientes que não são aconselhados para diabéticos e intolerantes à lactose. A canjica junina, por exemplo, normalmente é acrescida de outros ingredientes ricos em energia como açúcar, paçoca, amendoim e leite integral. “Já o quentão, em um copo de cerca de 200 ml, existem 30 gramas de açúcar de adição, valor que já ultrapassa a recomendação de consumo diário deste monossacarídeo que é recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS)”, destaca ela. Aline também fala que o famoso mingau de milho, que por conter leite bovino em sua receita, pode apresentar quantidades significativas de lactose em sua composição.

Apesar disso, a nutricionista reforça que uma das festas mais aguardadas pelos brasileiros pode e deve ser aproveitada por pessoas com restrições alimentares. Para as pessoas que possuem diabetes (mais de 13 milhões de brasileiros segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes), ou são intolerantes a lactose (53 milhões de pessoas de acordo com o Instituto Datafolha), a especialista compartilha algumas receitas adaptadas, confira:

Mingau de milho verde sem açúcar e sem lactose

Ingredientes:

  •          4 espigas de milho (1 kg)
  •          1/2 xícara (360 ml) de leite de coco
  •          1/2 xícara (120 ml) de água
  •          1/2 de xícara (100 g) de xilitol
  •          1/4 de colher (chá) (1 g) de canela em pó

Modo de Preparo:

  •      Debulhe as espigas com uma faca.
  •      Coloque os grãos no liquidificador, junte o leite de coco e a água e bata bem.
  •      Coe a mistura numa peneira forrada com um pano de prato e coloque numa panela.
  •      Junte o xilitol e leve ao fogo brando, mexendo sem parar, por uns 20 minutos, até o creme ficar espesso.
  •      Despeje numa tigela, polvilhe a canela, deixe esfriar um pouco e leve à geladeira.
  •      Sirva gelado.

 

Bolo de milho sem açúcar e sem lactose:

Ingredientes:

  •         3 ovos
  •         1 lata de milho verde
  •         1 lata de leite sem lactose ou leite vegetal
  •         3 colheres (sopa) de leite em pó desnatado zero lactose
  •         100 g de coco ralado
  •         3 colheres (sopa) de óleo
  •         3 colheres (sopa) de adoçante culinário
  •         1 colher (sopa) de fermento em pó

Modo de preparo:

  •          Bata todos os ingredientes no liquidificador, exceto o fermento.
  •          Após a massa batida, inclua o fermento e mexa com uma colher.
  •          Unte uma forma de furo no meio com margarina e farinha de trigo, despeje a mistura e leve ao forno por 40 minutos.
  •           Espete um palito e se ele sair limpo, pode desligar e servir quentinho ou deixar esfriar e se deliciar assim também.

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar