A espiritualidade na Sexta-Feira Santa

Será que a data comemorativa também é importante para os seguidores da espiritualidade?

Também chamada de Sexta Feira da Paixão, é a sexta-feira que ocorre antes do domingo de Páscoa, dia em que os cristãos relembram a morte de Jesus Cristo.
É um feriado móvel, assim como a Páscoa, domingo em que os cristãos celebram a ressurreição de Cristo.

Mas será que esse feriado é importante também para a espiritualidade? O espiritismo encara a Sexta-Feira da Paixão como um dia normal, embora reconheçam a importância dela para os católicos, não há celebração alguma para essa data. Acreditam no Cristo Vivo, seguem os exemplos de Jesus, inclusive sobre a questão da imortalidade.

“A morte é consequência do processo de reencarnação, para nós da doutrina espírita, isso é apenas uma parte do caminho, por conta disso não lembramos com tristeza sobre essa data. Entendemos que Jesus falava para todos, reconhecendo a importância das reencarnações futuras, porque sabia que o povo ainda não conseguiria entender a mensagem”, comenta a espiritualista Kélida Marques, detentora de um dos principais canais de espiritualidade do YouTube.

O espiritismo defende a ressurreição de Cristo, mas a ressurreição do espírito através da reencarnação. O espírito reaparece em um novo corpo físico, sem nunca ter desaparecido. O fenômeno da morte do corpo físico liberta a individualidade pensante que é imortal e que vive e sobrevive ao trespasse do corpo.

“A Sexta-feira Santa espiritismo é uma data em que o Mestre, em sua infinita bondade e misericórdia, se propôs viver, porque nós, espíritos ainda em evolução, não somos capazes de compreender apenas pelo amor. ”, conclui a espiritualista.

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar