Quais os cuidados devemos ter com os brinquedos sexuais?

O uso de brinquedos sexuais é bastante recomendado para quem deseja conhecer melhor seu próprio corpo, ou queira dar uma “apimentada” 🌶 na relação com o parceiro ou parceira.

E o que não faltam são modelos por aí! Há para todos os tipos e gostos de brincadeiras!

Mas apesar de todos os benefícios que eles podem proporcionar, algo que jamais deve ser descuidado é a higiene dos brinquedos!

Como eles mantêm contato direto com a região genital de homens e mulheres, a falta de higiene pode torná-los superfícies perfeitas para o surgimento de bactérias e outros organismos protozoários, como é o caso da Trichomonas vaginalis, a tricomoníase.

Em especial, a contaminação pela tricomoníase acontece quando há o compartilhamento de brinquedos nas mulheres que podem causar uma infecção na vagina, uretra ou ambas. Em homens, a infecção só acontece na uretra.

✅Uma vez que começa, pode ser facilmente transmitido através do contato genital sem preservativo ou mesmo com o compartilhamento de brinquedos sexuais.

Entre os sintomas da tricomoníase estão:

🔸Corrimento com cheiro desagradável

🔸Dor ao urinar

🔸Urgência para urinar

🔸Coceira genital

🔸Sensação de queimação na região genital

A doença pode causar complicações em mulheres grávidas, como haver uma chance maior de parto prematuro ou parto de um bebê com baixo peso ao nascer.

Por isso, caso suspeite que esteja com uma tricomoníase, procure seu médico. O tratamento é bastante eficaz e a cura pode acontecer em até uma semana. Além disso, para evitar futuras infecções, mantenha higienizado seus brinquedos sexuais, não os compartilhe!

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar

Conteúdo Adulto

O conteúdo a seguir é destinado ao público adulto.

Ao escolher sim você está declarando ser maior de 18 anos.