Venda de produtos eróticos cresce 20% entre mulheres 50+

Especialista associa procura à repercussão da personagem "Rebeca", vivida por Andréa Beltrão, da novela "Um lugar ao sol" na rede Globo

A procura por produtos eróticos pelo público 50+ teve um crescimento de 40% nos últimos meses, de acordo com dados do e-commerce voltado a mulheres Diversão e Amor (www.diversaoeamor.com.br). Com foco em empoderamento feminino e quebra de tabus, a loja online tem diversos conteúdos voltados às mulheres de todas as idades que buscam o auto prazer, mas a proprietária confessa ter se assustado com o crescimento deste segmento nos últimos dias.

“Nosso balanço de vendas realizadas nos últimos seis meses mostrou que houve um aumento não só quantitativo mas também qualitativo, pois as mulheres estão começando a entender mais sobre os tipos de brinquedos eróticos e não compram mais apenas lubrificantes ou lingeries para “agradar” o par. Querem, cada vez mais, acessórios eróticos que tragam o autoconhecimento, atingindo o orgasmo de verdade, encontrando o famoso ponto G. Para isso, querem diversos tipos de vibradores e sugadores”, explica Nathália Cavalcante, que está no segundo ano do comando do e-commerce www.diversaoeamor.com.br.

E ela comenta ainda que as mulheres acima dos 40 e 50 anos, principalmente, estão buscando mais informações na loja online, através dos contatos via  mensagens do Instagram que são super sigilosas, para de fato conseguirem chegar ao prazer.

A marca, que também possui produtos próprios, percebeu um crescimento nos pedidos de sugadores que proporcionam, segundo as clientes desta faixa etária 50+, a obtenção do orgasmo de forma mais facilitada. O Sugador Vibrador Clitoriano Sex Massager D&A  é um dos campeões de vendas. Seu preço atual, com desconto promocional de 20%, é de R$ 191,90, e os estoques acabam rapidamente quando a proprietária publica vídeos mostrando todas as funcionalidades nas redes sociais. “Muitas clientes mandam mensagens dizendo que nunca haviam tido orgasmos antes de conhecer esse produto, que tinham casamentos de 30, 40 anos e só agora descobriram o prazer”, completa.

Apesar da loja Diversão e Amor ter muitas clientes na fase que chamam de jovem em descoberta, entre 20 e 25 anos, que buscam experiências quentes, além de mulheres em fase de transição, de 29 a 35 anos, que querem explorar o sexo com ousadia, são as lobas empoderadas, com 40 anos ou mais que estão neste momento se destacando. Natália acredita que esse fato pode estar associado às mensagens de empoderamento feminino para mulheres nesta faixa etária, que estão muito em alta neste momento também devido à personagem Rebeca, da novela Um lugar ao sol“, na TV Globo.

Como eu trabalho com os produtos eróticos, eu recebi de muitas pessoas as cenas da personagem da novela se masturbando e, desde então, tenho visto em todas minhas redes sociais trechos de cenas e frases da personagem da Andrea Beltrão. Acho que está influenciando positivamente as pessoas, é mais uma forma das mulheres se conhecerem e buscarem o seu próprio prazer, incentiva Natália.

Além disso, a especialista traz uma história interessante: “Recentemente uma mulher 50+ me disse que nunca tinha usado os produtos e perguntou se poderíamos fazer uma apresentação para ela e suas amigas que também nunca usaram os toys. Elas me disseram que queriam experimentar, mas que não faziam ideia de como começar, qual comprar, etc. Existe muito o que se conhecer e aprender a derrubar tabus. Sinto que além de vender produtos, eu ajudo as pessoas, encerra Natália.

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar

Conteúdo Adulto

O conteúdo a seguir é destinado ao público adulto.

Ao escolher sim você está declarando ser maior de 18 anos.