7 dicas para curtir as férias com crianças não vacinadas

Especialistas indicam cuidados essenciais para descansar e se divertir com saúde

O avanço da vacinação contra a covid-19 abrangendo a população adulta e jovens até 12 anos reduziu consideravelmente a circulação do vírus. Isso reacende a esperança de muitas famílias de poder passear e viajar durante as férias, de maneira mais tranquila.

De acordo com a enfermeira do Colégio Marista Santa Maria, Meira Marques, é importante ter momentos de descontração e diversão, mas sempre com cuidado. “É super importante para o corpo e para a mente ter momentos em que a família possa se divertir, curtir e relaxar, mas sempre de olho na segurança, já que ainda estamos numa pandemia”, orienta. Daniel Baltazar da Silva, enfermeiro do Marista Escola Social Eunice Benatto reforça: “é possível viajar e passear, mas sempre de olho no planejamento e nas recomendações médicas”.

Confira algumas dicas que Meira Marques e Daniel da Silva reuniram para que todos possam aproveitar as férias sem deixar a saúde de lado:

– Mesmo com as flexibilizações dos protocolos de segurança, temos que pensar na segurança dos pequeninos. Preferir espaços abertos e ao ar livre, evitar aglomerações e sempre acompanhar a situação de transmissão do vírus da cidade em que se está.

–    Lembre-se de lavar as mãos com frequência, usando água e sabão. Faça uso de álcool em gel, principalmente em locais com fluxo de pessoas. Atente-se para que as mãos sejam higienizadas nos momentos das refeições.

–    Certifique-se que as vacinas estão em dia. Seguir o calendário vacinal das crianças previne a contaminação de diversas doenças e mantém em dia a saúde dos pequenos, garantindo um desenvolvimento saudável.

–    Em locais como cinemas, museus, teatros e ambientes que reúnem maior número de pessoas é essencial ter sempre à mão álcool gel e usar máscara, seguindo à risca os protocolos de segurança do estabelecimento.

–    Mantenha-se hidratado. Beba bastante água. Use roupas de acordo com a estação, protetor solar, repelente. Cuidado com alimentos crus, mal cozidos, mal passados e frutos do mar.

–    Estar em contato com áreas naturais, seja em praças, parques, contribuem para o desenvolvimento, foco e criatividade, saúde mental e imunidade das crianças. Sempre que possível, vale a pena pisar na grama e explorar o que a natureza tem a oferecer.

–    Invista em momentos em família: criar um roteiro de diversas atividades, incluindo parques, praias, praças, não esquecendo do momento de relaxamento. Atividades simples como um pic nic com comidinhas saudáveis no parque, pendurar rede entre as árvores ou levar almofadas e um livro divertido para contação de histórias geram momentos ricos em família.

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar