Bioestimulador de Colágeno: conheça o tratamento indicado para combater a flacidez

Especialista esclarece as principais dúvidas sobre o procedimento

Uma pele renovada, com mais viço e aspecto saudável tem sido uma das principais buscas de homens e mulheres em clínicas de beleza e estética, e entre as diversas técnicas disponíveis no mercado, os Bioestimuladores de colágeno são os que tem feito sucesso.

A Dra. Mel Nunes, dentista e especialista em harmonização facial, explica que os Bioestimuladores são substâncias que estimulam a produção de colágeno quando injetadas em determinadas camadas da pele. Podem ser utilizados para reposição de volume a longo prazo e diminuição da flacidez no rosto, pescoço, abdome e glúteos.

“Ele auxilia no processo de rejuvenescimento pela produção de colágeno, diminuindo a flacidez e melhorando a firmeza da pele. Podemos utilizá-los junto com ácido hialurônico para aumento de volume e também estímulo de colágeno”, complementa a Dra. Mel Nunes.

O procedimento é indicado a partir dos 25 anos, quando começa a diminuição gradativa do colágeno no nosso corpo. Se feito com anestesia local ele se torna totalmente indolor, caso seja feito sem anestésico podemos sentir um leve incômodo na hora da aplicação.

O resultado começa a partir de 30 dias, e a durabilidade de até 4 anos. O protocolo utilizado pela especialista, são 3 sessões a cada dois anos, com o intervalo de 1 mês entre as sessões.

Fonte:

Dra. Melani Nunes

Dentista e especialista em harmonização facial

Instagram: dra.melaninunes / @clinicamelnunes

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar