Férias, pandemia e verão: Quais os cuidados necessários com os pequenos?

A pediatra e neonatologista dra. Patrícia Terrivel orienta como passar por esse período com segurança e diversão

Chega o mês de dezembro e junto com ele vem as preocupações das famílias, férias escolares, nova variante e verão. Apesar da turbulência que o último mês do ano traz, é preciso se organizar e manter a calma, é o que orienta a pediatra Patrícia Terrivel, “nos últimos dois anos foram muitas mudanças que tivemos que nos adaptar, a pandemia nos trouxe uma nova forma de cuidar e a notícia de novas variantes sempre assustam, principalmente quando pensamos nas crianças. Mas, é preciso manter a calma, aguardar mais informações e transformar esse momento em algo prazeroso em família seguindo todos os protocolos”, comenta.

Além da Covid-19, cuidados como excesso de sol, alimentação e hidratação são essenciais nesse período. Para alertar os pais, e ajudar nesse momento a dra. Patrícia listou alguns cuidados.

– Pandemia: Apesar da aceleração da vacinação e algumas flexibilizações, a pandemia continua. A prova é a chegada dessa nova variante, mas acalmem-se, não é preciso se desesperar, e sim tomar cuidado e seguir os protocolos. Usar a máscara em crianças maiores de 2 anos, higienização frequente, manter o distanciamento e o álcool em gel como fiel companheiro, além de sempre conversar com os pequenos a importância desses cuidados.

– Hidratação: O calor provoca a desitratação se não houver o consumo de líquidos, especialmente a água. Não deixe de sempre levar uma garrafinha de água em todos os passeios nesses dias mais quentes. A água possui um papel fundamental no organismo da criança, melhorando diversas funções em seu corpo e equilibrando a temperatura.

– Exposição ao sol: Está calor, está sol, mas, é preciso atenção. A exposição ao sol deve ser das 10h da manhã e depois somente a partir das 16h. O uso de protetor solar é essencial para proteger a partir dos seis meses. O uso de roupas com proteção UV e mesmo assim utilizar o protetor por baixo da roupa.Para os menores de seis meses que não podem usar protetor solar, a recomendação é ir bem cedo ou bem no final da tarde para a praia ou piscina. Outro item indispensável é o repelente para os maiores de seis meses, no verão a presença de pernilongos aumentam.

– Alimentação: Em dias quentes a alimentação precisa ser mais leve, dê preferência para legumes, saladas e frutas. Alimentos gordurosos e industrializados podem riscar do cardápio de verão. Uma alimentação saudável, rica em nutrientes além de ajudar na digestão, colabora na proteção de infecções.

“Seguindo esses cuidados básicos já é possível programar as férias em família, pensando na diversão e momento com os pequenos”, finaliza.

 

Foto de Ashley K Bowen no Pexels

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar