Safe Pack da Termotécnica é usado pela CLAMED Farmácias em embalagens termolábeis

Com case de EPS Antiviral e Antibacteriano, Termotécnica conquistou prêmio de inovação e sustentabilidade

Com a pandemia surgiram novas preocupações e necessidades de segurança sanitária durante o manuseio de produtos. Pensando na segurança das pessoas durante o processo logístico, a Termotécnica – maior fabricante de soluções em embalagens de EPS do país – desenvolveu a nanotecnologia Safe Pack que oferece alta proteção contra vírus e bactérias, inclusive o coronavírus. O case conquistou o Troféu Ouro no 2º Prêmio Plástico Sul de Inovação & Sustentabilidade na categoria “Novos Aditivos e/ou Biomateriais”. A companhia também levou um Troféu Ouro em “Logística Reversa – Transformador” com o Programa Reciclar EPS. “Em mais um ano desafiador, nossas estratégias para superar a crise vêm trazendo resultados que estão sendo muito comemorados. Nosso portfólio de produtos, nossa atuação sustentável e de inovação empreendedora estão sendo reconhecidos pelos clientes e pelo mercado“, afirma o presidente da Termotécnica, Albano Schmidt.

As embalagens em EPS da Termotécnica com nanotecnologia Safe Pack antiviral e antibacteriana contribuem para reduzir o risco e a velocidade de contaminação e transmissão destes inimigos invisíveis proporcionando maior segurança sanitária aos produtos acondicionados. “Pensando em toda a cadeia de produção, transporte, armazenamento e consumo de alimentos, medicamentos, vacinas e até das embalagens de eletrodomésticos que são entregues nas casas das pessoas, essa ação do Safe Pack tem inúmeras e importantes aplicações no mercado”, constata Albano Schmidt.

Entre os segmentos com grande potencial de aplicação do Safe Pack estão o da Cadeia Fria para fármacos onde, com a linha de produtos TermoChain a Termotécnica oferece uma solução completa para acondicionar, proteger e transportar produtos termolábeis. É o caso da CLAMED Farmácias, com mais de 500 filiais no país com as marcas Drogaria Catarinense, Drogaria Catarinense Manipulação, Farmácia Preço Popular, Proformula, Farmagora e o recente CLAMED Health Center, um hub de saúde integrado que visa testes de novas tecnologias para construir a farmácia do futuro. Cliente da Termotécnica, a CLAMED Farmácias passou a introduzir nas embalagens térmicas o agente antiviral e antibacteriano Safe Pack.

 

Diretor Comercial da CLAMED Farmácias, Marcelo Voos cita: “Nesta pandemia enfrentamos grandes desafios, dois deles foram destaques: como somos uma empresa de saúde de serviço essencial, a permanência das nossas unidades com as portas abertas em um período tão delicado foi muito importante. Outro desafio, e que reflete nossa cultura corporativa, foi de promover ao nosso colaborador, que trabalha na linha de frente, segurança e soluções que os mantenham distantes do vírus. Com esta inovação ofertada pela Termotécnica, além de cumprir com o objetivo técnico de manter a temperatura para o condicionamento dos medicamentos termolábeis, atuamos na proteção e cuidado aos nossos colaboradores, que puderam perceber toda dedicação que tivemos para ofertar um ambiente de trabalho seguro. Consequentemente, esse cuidado e proteção também foi levado aos nossos clientes, que confiam que ao entrar em nossas filiais ou ter contato com os produtos que comercializamos, encontrarão um ambiente protegido e que toma todas as medidas de saúde e higiene contra o vírus. Parcerias como estas nos fazem construir uma empresa e sociedade melhores, além de traduzir o nosso propósito de ‘Pessoas dedicadas a pessoas'”.

eficiência do Safe Pack foi comprovada com reconhecimento internacional pela norma JIS Z 2801 para bactérias. Além disso, a ISO 21702-2019 também confirmou a proteção contra vírus do tipo envelopados, como hepatite B (HBV), hepatite C (HCV), influenza A (H1N1), ebola e herpes (HSV). Os resultados foram: 99,9% de proteção contra bactérias, 99% para herpes vírus simples humano (HSV-1) e 90% para coronavírus (Ccov*). Desta forma, se uma pessoa contaminada manipular ou espirrar sobre uma embalagem em EPS Safe Pack, no lugar de o vírus permanecer por dias sobre a superfície, ele pode ser reprimido em um curto espaço de tempo.

 

O aditivo integrado ao Safe Pack foi desenvolvido pela catarinense TNS Nano, de Florianópolis, recentemente considerada a scale-up número #1 do Brasil nas categorias Cleantech e Materials. De acordo com Welby Pereira, especialista em polímeros da TNS Nano“Trazer a nanotecnologia para dentro dos mais diversos materiais mostrou a capacidade das indústrias em inovar, agregando não apenas uma funcionalidade aos produtos, e sim levando mais segurança para a saúde dos seus consumidores. A TNS Nano vem consolidando a sua história pautada nos seus principais pilares: inovação, coragem, estratégia e colaboratividade. Participar deste momento junto com a Termotécnica e CLAMED Farmácias só nos mostra que este é o caminho, juntos estamos comprovando que o que se espera para o amanhã pode ser feito hoje.”

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar