Slut Shaming: Entenda condenação virtual a Yasmin Brunet e Jade Picon por exercerem suas sexualidades

Recentemente, bombou na internet mais uma fofoca arrasa quarteirões, gerada por uma confissão de Gui Araújo, peão de ‘A Fazenda 13’. Aparentemente esquecendo que é filmado as 24 horas do dia, ele afirmou ter tido um caso com Jade Picon enquanto ela ainda namorava o ator João Guilherme. Um observador mais atento percebe que a imensa maioria dos comentários que condenam o caso dirige palavras negativas à Jade, e não a Gui Araújo. A psicóloga Maria Rafart explica por que aparente esta balança pende negativamente para a mulher, visto que ambos supostamente traíram e tiveram uma conduta que a sociedade condena.

“Foi um caso clássico de slut shaming: uma mulher é condenada por exercer a sua própria sexualidade. Slut quer dizer vadia em inglês: só uma mulher vulgar e ‘fácil’ deixaria isso acontecer… Ao homem é dado um papel de maior naturalidade em seus comportamentos da vida íntima. A sociedade aceita que o homem seja um ser sexual. Mesmo que a atitude de ambos, ao trair, seja condenada, à mulher cabe um papel pior. Como se ela pudesse e devesse ter evitado trair, e ele tivesse apenas sucumbido nas tentações da carne”, explica a especialista.

Maria Rafart lembra que isso é algo já enraizado na sociedade. “Há muito tempo a sociedade patriarcal coloca a mulher dentro de casa. Reclusa, ela tem papel passivo. Ela não pode tomar a iniciativa, não pode pedir em namoro, fica à espera de um príncipe. Se faz sexo no primeiro encontro, não serve para casar… O homem é o ser da rua, é aquele que tem suas urgências hormonais, que justificam uma sexualidade ativa”, diz ela, que cita ainda uma recente polêmica envolvendo a modelo Yasmin Brunet.

“Casos como o de Yasmin Brunet, que recentemente teve um vídeo exposto pela sogra, no qual praticava sexo oral com um homem que a internet nem procura saber quem é, também mostram que ainda temos muito a evoluir. Se mostrada no exercício de sua sexualidade, a mulher é considerada vagabunda, vadia, fora do papel de recatada que ela deveria desempenhar”, finaliza.

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar

Conteúdo Adulto

O conteúdo a seguir é destinado ao público adulto.

Ao escolher sim você está declarando ser maior de 18 anos.