17ª Caminhada do Coração incentiva atividade física como aliada no combate ao sedentarismo

Hospital Cardiológico Costantini destaca a importância da prática regular para prevenir fatores de risco de doenças cardiovasculares

De acordo com uma Pesquisa de Comportamento realizada pela Fundação Oswaldo Cruz (Friocruz) em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), 62% dos brasileiros entrevistados em 2020 deixaram de fazer qualquer tipo de exercício físico durante a pandemia. O sedentarismo aliado ao estresse e uma má alimentação são os principais fatores de risco para as doenças cardiovasculares.

Com o objetivo de incentivar a população a combater o sedentarismo, o Hospital Cardiológico Costantini realiza a 17ª Caminhada do Coração. A exemplo de como aconteceu em 2020, a edição deste ano também será especial. Durante todo o mês de setembro, o hospital convida a população a caminhar em parques ou ruas da cidade, respeitando os critérios de segurança e distanciamento social dos órgãos oficiais de saúde.

A meta é que as pessoas iniciem alguma atividade física. “Começando com 5 mil passos por dia e mantendo uma regularidade durante todo o mês, a caminhada e os exercícios se tornarão um hábito. O nosso objetivo é ajudar as pessoas a entenderem a importância de se movimentar para evitar problemas de saúde”, explica o Diretor de Prevenção do hospital, Prof. Dr. Rafael Michel de Macedo.

Além disso, entre os dias 13 e 24 de setembro, de segunda a sexta-feira, das 9h às 13h e das 14h às 18h, os pacientes que estiverem em consulta no hospital poderão caminhar na esteira da Academia do Coração, que fica no 3º andar, com todo o aparato médico necessário para a prática de atividade física, e ganhar a camiseta da campanha deste ano.

Diretor do hospital, o médico cardiologista Costantino Costantini, reforça que o exercício físico é indispensável para a saúde do coração. “São cinco os motores para uma vida mais saudável: dieta rica em alimentos naturais; visitas regulares ao médico, tomando todos os medicamentos prescritos; evitar o estresse; praticar meditação e descansar; e a mola mestra, que impulsiona todos os outros fatores, é a atividade física regular”.

Para saber mais, acesse: flowcode.com/page/caminhadadocoracao.

Dia Mundial do Coração

Comemorado anualmente no dia 29 de setembro, a data faz parte do mês do coração, dedicado a atividades de alerta e conscientização sobre as doenças cardiovasculares, principal causa de mortes no Brasil e no mundo. A importância destas ações justifica-se pelos dados apresentados pelo Cardiômetro, ferramenta da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) que exibe em tempo real o número de óbitos por doenças do coração no país. Em 2021, até o momento, o Brasil já registra mais de 270 mil mortes.

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar