Cinco mitos e verdades sobre a hidratação da pele

No último ano, segundo a Associação Brasileira de Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC) houve uma alta de 21,9% nas vendas de produtos para a pele. Apesar da imensa diversidade de opções, três passos da rotina de skincare são imprescindíveis para a saúde: limpeza, hidratação e proteção solar.

“Manter a pele saudável é bastante simples, porém, ainda existem muitas dúvidas sobre a forma correta de hidratar a pele, qual melhor momento e que tipo de produto usar”, destaca Dr. Antonio Gomes Neto, médico dermatologista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (CRM 115779/SP – RQE 30599).

Pensando nisso, o dermatologista esclareceu os cinco principais mitos e verdades sobre a hidratação.

Pele oleosa não precisa ser hidratada

Mito. Todos os tipos de pele (seca, mista, oleosa e sensível) precisam de hidratação, pois é preciso manter as características naturais e as barreiras de proteção. Ter pele oleosa não significa que ela está hidratada, por isso, é importante escolher produtos indicados para seu tipo de pele. Além disso, um dos motivos da produção excessiva de sebo é para suprir a má hidratação, podendo causar o efeito rebote.

Banho quente faz mal para a pele

Verdade. A água quente é uma das responsáveis por alterar a barreira natural da pele. Por esse motivo, no inverno, quando banhos quentes e demorados são mais comuns, a pele costuma ficar mais ressecada. Desta forma, o ideal é optar por banhos curtos e com água morna. Nesses momentos de maior ressecamento da pele, é indicado o uso de hidratantes mais potentes, voltados à pele seca, como a linha Klaviê® Clinical, da TheraSkin, que foi desenvolvida para as pessoas com peles secas, sensíveis e sensibilizadas, pois contém um blend de ingredientes ativos com ação anti-inflamatórias e antipruriginosas, associado a lipídios que reforçam a barreira cutânea.

 É necessário usar muito creme para hidratar a pele.

Mito. Não existe uma quantidade ideal de hidratante, pois cada pele tem sua necessidade. Porém, existe uma indicação média de hidratação pelo menos uma a duas vezes ao dia. O uso em excesso de hidratantes pode causar efeitos não desejados como obstrução de poros e aumento de lesões de acne.

 Hidratar a pele após o banho é o ideal.

Verdade. A combinação de água e sabonete causam alteração na barreira cutânea e consequentemente o ressecamento da pele, por isso é indicado passar hidratante em todo o corpo logo após o banho para repor a barreira natural da pele.

 Alimentação e consumo de água adequados interferem na hidratação da pele.

Verdade. Consumir água na quantidade ideal e alimentos saudáveis tem impacto direto na aparência e saúde da pele. Por isso, a hidratação deve começar de dentro para fora.

Referências

1. Vendas de HPPC crescem 4,7% em 2020 e totalizam R$ 122,4 bilhões

https://abihpec.org.br/vendas-de-hppc-crescem-47-em-2020-e-totalizam-r-1224-bilhoes/

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar