Ressecamento vaginal: sintoma comum na saúde da mulher ainda é considerado tabu

A falta de informação e o tabu sobre a saúde feminina faz com que milhares de mulheres ainda sofram por um sintoma comum nas relações sexuais: a falta de lubrificação vaginal. Apesar de ser um problema considerado ‘corriqueiro’, a fisioterapeuta pélvica Dra. Alessandra Artuso, relata que em seus atendimentos a falta de informação sobre a saúde feminina leva muitas mulheres a não saberem identificar o sintoma. “A grande maioria das pessoas não teve educação sexual, e consequentemente não conhecemos e não sabemos como funciona o nosso corpo e o ciclo de resposta sexual”, segundo a fisioterapeuta.

O ressecamento vaginal pode acontecer em diferentes fases da vida da mulher, como menopausa, pós-parto, principalmente pela redução na produção de estrogênio, hormônio feminino. Outro motivo para a falta de lubrificação incluí os tratamentos contra o câncer, como quimioterapia e radioterapia, que também provocam alterações hormonais. Os anticoncepcionais e outros medicamentos também podem influenciar na lubrificação.

Com o passar do tempo essa falta de lubrificação pode causar incômodos como: dor, desconforto durante a relação sexual, ardência e fissuras vaginais que podem acarretar sangramentos. Por esse motivo é essencial buscar ajuda profissional em caso de sintomas. Outra alternativa preventiva é investir no autoconhecimento e autonomia sexual, além de derrubar o tabu em relação ao uso dos lubrificantes que podem contribuir para uma vida sexual mais prazerosa e livre de ressecamentos.

Algumas marcas como a Feel, já apresentam lubrificantes voltados especificamente para as demandas femininas. Com design amigável e fórmula que contempla ingredientes naturais compatíveis com o ecossistema íntimo feminino, o lubrificante da Feel, ainda conta com ação hidratante. “Escolher um lubrificante com ingredientes naturais é fundamental, principalmente para manter a mucosa vaginal equilibrada, o pH equilibrado. Quando usamos produtos com ingredientes mais artificiais e cheios de parabenos e outros componentes tóxicos, pode sim levar a um desequilíbrio no pH vaginal, levando a infecções vulvovaginais. Além disso, lubrificantes que não contém ingredientes naturais podem piorar a hipersensibilidade que algumas mulheres têm na região vulvar”, explica Dra. Alessandra Artuso.

Conheça o Lubrificante da Feel:

Lubrificante Hidratante Íntimo Feel

O lubrificante hidratante íntimo da Feel é uma solução segura, testada ginecologicamente, dermatologicamente e clinicamente, idealizado para levar mais confiança, autonomia e liberdade para as mulheres.

Com ação lubrificante e hidratante, o lubrificante da Feel promove um deslizamento longo e saudável, respeitando todas as necessidades da região íntima feminina.

Desenvolvido a partir da Calêndula e Aloe Vera, com Vitamina E, os ingredientes da fórmula mantém o pH vaginal em equilíbrio, além de promover a hidratação, prevenindo o ressecamento da região. Livre de glicerina, parabenos, silicone, petrolatos, flalatos e sulfatos, o Lubrificante da Feel tem uma fragrância leve e sem alergênicos, formulada especialmente para o uso em mucosa vaginal. Textura natural, não oleosa e grudenta, após o uso não esfarela.

Preço sugerido: R$ 89,90

Onde encontrar: https://www.feellube.com.br/

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar

Conteúdo Adulto

O conteúdo a seguir é destinado ao público adulto.

Ao escolher sim você está declarando ser maior de 18 anos.