Serviço de mapa astral gratuito revela segredos da astrologia ao público

Ao disponibilizar um serviço gratuito para mapa astral em seu site, a astróloga e psicanalista Virginia Gaia conta como ajuda as pessoas a se conhecerem melhor. Basta o internauta colocar os seus dados de nascimento (data, cidade e horário exato), que consegue saber não somente o seu signo solar e ascendente, como também a posição de planetas, signos e casas astrológicas de seu mapa astral, com uma explicação resumida, porém, abrangente de como ele serve para posicioná-lo no universo. Comemorando o sucesso da novidade, a especialista também revela: “tomei a decisão de não vender mapas astrais com relatórios de interpretação gerados automaticamente”.
Segundo Virginia, o sistema que processa gratuitamente os mapas em seu site é exatamente o mesmo dos sites que vendem mapas astrais que vêm acompanhados por longos relatórios por escrito. Mesmo assim, ela diz que não tem planos de cobrar por relatórios automatizados e robotizados. “Eu faço questão de interpretar o mapa e orientar a pessoa sobre cada planeta, estrela, ponto, signo ou casa astrológica do seu Mapa Astral. A consulta pode ser online, via chamada de áudio ou vídeo, mas é preciso haver uma conversa para a interpretação”, explica.
Nesse tipo de processamento automático, o sistema apenas combina os textos padronizados em seus arquivos, que alguém escreveu fez upload, com o significado isolado de planetas nos signos, nas casas astrológicas e seus aspectos. “A pessoa paga pelo processamento feito por um robô, que jamais será um astrólogo. Mesmo que os textos tenham sido escritos por alguém que estude Astrologia, esse robô apenas combina descrições genéricas e bem inespecíficas”, explica.

Robôs que combinam sentenças não interpretam e nem orientam

No caso de uma pessoa que tenha o planeta Vênus, no signo de Leão, na Casa 5 e em conjunção com Júpiter, por exemplo, o programa apenas combina, automaticamente, os textos que têm em seus arquivos. É uma operação simples, robotizada, que apenas concatena palavras: “Vênus em leão” + “Vênus na casa 5” + “Vênus em conjunção com Júpiter”.
Caso haja alguma configuração astrológica especial ou mesmo a presença de algum planeta angular, essas informações fundamentais serão sumariamente ignoradas. Suponha-se, no exemplo acima, que o planeta Vênus também esteja em oposição a Saturno, esse dado não será analisado junto com a variável “Vênus em conjunção com Júpiter”.
A astróloga adverte ainda que, pior do que não conseguir interpretar o resultado de múltiplas combinações, há ainda mais um complicador nesse tipo de serviço. “Um software não consegue identificar como você está lidando com esse simbolismo e, assim, não pode fornecer orientação para as questões na sua vida que recebem essa influência”, aponta Virginia.

O ofício do astrólogo

A especialista lembra que a história da Astrologia é escrita por profissionais que, além de astrólogos, tinham profundos conhecimentos de Astronomia e Filosofia, como o matemático grego Cláudio Ptolomeu, o astrônomo Johannes Kepler e o psicoterapeuta Carl Jung. No caso deste último – o idealizador da Psicologia Analítica que estudou a Astrologia pelo viés da sua teoria da sincronicidade – lembra Virginia: “Jung era catedrático ao afirmar que, para tocar uma alma humana é preciso ser outra alma humana”.
A astróloga e psicanalista também esclarece que Jung usa a Astrologia como ferramenta de apoio ao processo de individuação, um conceito central em sua teoria. “Vender para alguém a ideia de que é possível identificar traços de personalidade com mapas astrais processados por robôs significa um grande equívoco”, conclui.

Serviço:

Link para acessar o Mapa Astral Gratuito
Site da Virginia Gaia, com artigos, horóscopos e mais conteúdo

Comece a digitar e pressione o Enter para buscar