Existe preconceito contra heterossexuais no mundo da moda? – Afina Menina – Um Portal para todas Nós

Existe preconceito contra heterossexuais no mundo da moda?

Quem responde à questão é o modelo internacional Valmor Becker, com passagens por marcas famosas como Colcci, Calvin Klein e Cartier

Valmor Becker tem 34 anos e uma carreira de sucesso nas passarelas e como modelo fotográfico. Seu nome representou várias marcas famosas como  Chili Beans, Colcci, Calvin  Klein e Cartier.

Bonito, culto e perfil internacional, Becker pode não ter sofrido discriminação, mas sua orientação sexual lhe valeu muitas “cantadas”. “Sou heterossexual, uma condição incomum no mundo da moda”, conta.

 

Becker  observa que um heterossexual homem no mundo fashion se torna um “estranho no ninho”.  “É algo incomum e, às vezes,  acaba causando espanto  por parte daqueles que estão inseridos no segmento da moda”. Becker ressalta que para o público, de um modo geral, “todos os modelos homens são gays; seria como um rótulo”, observa. Ele acredita que essas impressões têm muito a ver com o autocuidado que a profissão exige com o corpo, da pele, cabelo, da forma como se veste, se comporta etc.

Ele percebe que está acontecendo mudanças, principalmente, em relação à questão de que um modelo homem não precisa ser homossexual para abraçar a carreira. “A meu ver isso não tem importância alguma, não faz ninguém melhor ou pior que ninguém. É simplesmente uma profissão como qualquer outra”, sublinha.

 

O modelo afirma que não sofreu preconceitos por ser heterossexual, mas conta que, às vezes, ocorreram assédio e tentativas de aproximação por parte das pessoas que convivem com a moda. “Confesso que não me incomodo, acho até engraçado. Lido muito bem com essas situações, sendo educado e expondo os limites. São ocasiões que não me abalam, apesar de ter passado por momentos constrangedores”. Para Becker não é possível admitir que essas situações atrapalhem ou interfiram em sua vida profissional e nem que sejam condições para a realização de um trabalho.

*Sobre Valmor Becker* – modelo de 34 anos. Conheceu as passarelas aos 11 anos ao desfilar para algumas lojas no Rio Grande do Sul, onde mora desde 11 anos de idade. Aos 16 foi para São Paulo e mesmo convidado para ser modelo de agências famosas, priorizou os estudos. Formou-se em Direito e tem pós-graduação em gestão empresarial. Aos 27 anos, volta ao mundo fashion pelas mãos de uma agência de São Paulo. Em seu portfólio tem desfiles para Camargo Alfaiataria, Redley, Chili Beans, Blueman, Sumemo, Colcci, Calvin Klein e para a marca de joias e relógios Cartier.  Também desfilou na Fashion Week do Chile e lá fez uma campanha para a Diadora, além de dois editoriais de moda para a revista GO Where Business e para a chilena Issue.  Em 2016 atuou em publicidade de lançamento do Fusion da Ford.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *